Jornalismo das periferias

Uma pesquisa de campo na Região Metropolitana de São Paulo

Palavras-chave: Jornalismo, Periferia, Pesquisa de campo

Resumo

Nas periferias da Região Metropolitana de São Paulo (RMSP), maior macrometrópole do Brasil, observam-se iniciativas de produção jornalística conformadas em políticas editoriais assumidamente vinculadas ao território. Para compreender a realidade dessa prática comunicacional, uma pesquisa de campo pautada pela ideia de descrição densa de Clifford Geertz (2008) foi desenvolvida entre 2018 e 2019. O objetivo do trabalho – alcançar uma interpretação possível sobre a prática jornalística nos territórios periféricos da RMSP – é organizado em três frentes: contexto de pesquisa (as periferias), sujeitos de pesquisa (jornalistas das periferias) e fenômeno pesquisado (jornalismo das periferias). Atesta-se que os significados atribuídos pelos sujeitos da pesquisa – configuração epistêmica da abordagem etnográfica segundo Geertz – a seus fazeres comunicacionais, suas identidades e seus territórios são plurais e complexos.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Biografia do Autor

Mara Rovida, Universidade de Sorocaba (Uniso), Sorocaba, SP, Brasil.

Doutora em Ciências da Comunicação pela Escola de Comunicações e Artes da Universidade de São Paulo (ECA), São Paulo, SP, Brasil. Professora do Programa de Pós-graduação em Comunicação e Cultura da Universidade de Sorocaba (Uniso), Sorocaba, SP, Brasil.

Referências

CARVALHO, Guilherme e BRONOSKY, Marcelo. Jornalismo alternativo no Brasil: do impresso ao digital. Revista Pauta Geral, Ponta Grossa, v. 4, n. 1, p. 21-39, ago. 2017. https://doi.org/10.5212/RevistaPautaGeral.v.4.i1.0002.

DAMATTA, Roberto. A casa & a rua. Rio de Janeiro: Guanabara koogan, 1991.

D’ANDREA, Tiarajú Pablo. A formação dos Sujeitos Periféricos: Cultura e Política na Periferia de São Paulo. 2013. 295 f. Tese (Doutorado em Sociologia) – Faculdade de Filosofia Ciências e Letras da Universidade de São Paulo, USP, São Paulo, 2013.

DOWNING, John D. H. Mídia radical – rebeldia nas comunicações movimentos sociais. São Paulo: Senac, 2002.

GEERTZ, Clifford. A interpretação das culturas. Rio de Janeiro: LTC, 2008.

GEERTZ, Clifford. O saber local – novos ensaios em antropologia interpretativa. Petró polis: Vozes, 2014.

FIGARO, Roseli (org.). As relações de comunicação e as condições de produção no trabalho de jornalistas em arranjos econômicos alternativos às corporações de mídia. São Paulo: ECA-USP, 2018.

FÓRUM Comunicação e Território. Mapa do Jornalismo Periférico: passado, presente e futuro. São Paulo: Rede Jornalistas das Periferias, 2019.

KOWARICK, Lúcio (org.). As lutas sociais e a cidade. São Paulo: Paz e Terra, 1994.

KOWARICK, Lúcio; ANT, Clara. Cem anos de promiscuidade: o cortiço na cidade de São Paulo. In: KOWARICK, Lúcio (org.). As lutas sociais e a cidade. São Paulo: Paz e Terra, 1994. p. 73-94.

KUCINSKI, Bernardo. Jornalistas e revolucionários – nos tempos da imprensa alternativa. São Paulo: Página Aberta, 1991.

PERUZZO, Cicilia M. K. Apontamentos para epistemologia e métodos na pesquisa em Comunicação no Brasil. Comunicação e Sociedade, São Paulo, v. 33, p. 25-40, jun. 2018. https://doi.org/10.17231/comsoc.33(2018).2905.

NONATO, Claudia. O perfil do jornalista das periferias de São Paulo: resultados iniciais. In: CONGRESSO BRASILEIRO DE CIÊNCIAS DA COMUNICAÇÃO, 2018, Joinville, SC. Anais...Santa Catarina: Univille, 2018.

MAGNANI, José Guilherme Cantor. Festa no pedaço – cultura popular e lazer na cidade. São Paulo: Unesp e Hucitec, 1998.

MARICATO, Ermínia. Urbanismo na periferia do mundo globalizado – metrópoles brasileiras. São Paulo em perspectiva, São Paulo, v. 14, n. 4, out./dez., 2000. https://doi.org/10.1590/S0102-88392000000400004.

MEDINA, Cremilda (org.). Povo e personagem. Canoas: Ulbra, 1996.

ROVIDA, Mara. As periferias pelos periféricos – um fenômeno jornalístico contemporâneo. Extraprensa, São Paulo, v. 12, n. 1, p. 50-65, jul./dez. 2018. https://doi.org/10.11606/extraprensa2018.149085.

ROVIDA, Mara. Jornalismo das periferias – o diálogo social solidário nas bordas urbanas. Curitiba: CRV, 2020. https://doi.org/10.24824/978655578250.9.

SANTOS, Milton. Metrópole corporativa fragmentada. São Paulo: Edusp, 2009.

SANTOS, Milton. O tempo nas cidades. Ciência e Cultura, São Paulo, v. 1, n. 1, p. 21-22, out./dez. 2002a.

SANTOS, Milton. O espaço do cidadão. São Paulo: Studio Nobel, 2002b.

Publicado
2020-12-21
Como Citar
Rovida, M. (2020). Jornalismo das periferias: Uma pesquisa de campo na Região Metropolitana de São Paulo. Revista FAMECOS, 27, e37004. https://doi.org/10.15448/1980-3729.2020.1.37004
Seção
Jornalismo