Cinema e Política: a representação do jornalismo e do marketing político no cinema brasileiro

  • Lisandro Nogueira Universidade Federal de Goiás
Palavras-chave: Cinema, jornalismo, marketing

Resumo

O cinema brasileiro dos anos noventa busca diagnosticar  as  rápidas  mudanças  ocorridas  no  campo  da comunicação nesse período. O filme Doces Poderes, de Lúcia Murat, mostra como o jornalismo brasileiro, quando submetido ao marketing político e à publicidade, perde seu papel de fonte primária de informação e abre espaço para a “notícia enquanto produto”. Ainda que o filme aparentemente vise lançar um olhar crítico sobre a situação do jornalismo dos anos noventa, a linguagem cinemática e a estrutura narrativa nele usadas solapam seu intento, revelando assim as fragilidades e limitações do cinema brasileiro de viés político.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Biografia do Autor

Lisandro Nogueira, Universidade Federal de Goiás
Professor de cinema da Universidade Federal de Goiás

Referências

ABREU, Alzira Alves de. A modernização da imprensa

(1970-2000). Rio de Janeiro: Jorge Zahar Editor, 2002.

BORELLI, Silvia Helena Simões. Ação, suspense, emoção. São Paulo: Fapesp/Educ, 1996.

BOURDIEU, Pierre. O poder simbólico. Rio de Janeiro: Bertrand Brasil, 1989.

_______. Sobre a televisão. Rio de Janeiro: Jorge Zahar, 1997.

CANDIDO, Antonio. Tese e antitese. São Paulo: Editora Nacional, 1971.

CONTI, Mario Sergio. Notícias do planalto. São Paulo:

Companhia das Letras, 1999.

DINES, Alberto. O papel do jornal. São Paulo: Summus, 1996.

GENRO FILHO, Adelmo. O segredo da pirâmide: para uma teoria marxista do jornalismo.

GUERRA, Josenildo. A objetividade no jornalismo. Salvador: Dissertação (Mestrado em Comunicação) - Faculdade de Comunicação da UFB, 1998.

KEHL, Maria Rita. Sobre ética e psicanálise. São Paulo:

Companhia das Letras, 2002.

LALANDE, André. Vocabulário técnico e crítico da filosofia. São Paulo: Martins Fontes, 1999.

MORETZSOHN, Sylvia. Jornalismo em “tempo real”. Rio de Janeiro: Revan, 2002.

ORTIZ, Renato. Moderna tradição brasileira. São Paulo: Brasiliense, 1988.

SENRA, Stela. O último jornalista. São Paulo: Estação

Liberdade, 1997.

SILVA, Marconi Oliveira da. O mundo dos fatos e a

estrutura da linguagem. Porto Alegre: Edipucrs, 1997.

XAVIER, Ismail. Melodrama ou a sedução da moral

negociada. Novos Estudos. São Paulo: Cebrap, n. 57, jul. 2000.

Publicado
2008-04-14
Como Citar
Nogueira, L. (2008). Cinema e Política: a representação do jornalismo e do marketing político no cinema brasileiro. Revista FAMECOS, 14(34), 14-21. https://doi.org/10.15448/1980-3729.2007.34.3447
Seção
Cinema e Representação