Tramas do tempo no telejornalismo local: temporalidades sociais no programa Terra de Minas

Palavras-chave: Telejornalismo local, Temporalidades sociais, Terra de Minas

Resumo

O presente artigo tem como objetivo analisar a forma como o programa Terra de Minas (TV Globo Minas) aborda diferentes temporalidades como forma de estabelecer uma imagem da cidade de Belo Horizonte. A partir das contribuições dos Estudos Culturais, este artigo assume o passado como algo não finalizado, mas é convocado no presente podendo assumir lugares de disputa e oposição às formas dominantes. Do mesmo modo, o futuro pode ser vivido no presente, não como algo projetado, mas como aquilo que reconfigura elementos do dominante ou que instaura algo novo. A análise textual do programa, embasada em seus elementos visuais, sonoros e verbais, sinaliza para pelo menos três convocações das temporalidades sociais: o passado como patrimônio, o futuro como aprimoramento do passado e o passado como construção dos sujeitos.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Biografia do Autor

Fernanda Mauricio da Silva, Universidade Federal de Minas Gerais (UFMG), Belo Horizonte, MG

Doutora e Pós-doutora em Comunicação e Cultura Contemporâneas pela Universidade Federal da Bahia (UFBA). Professora do Programa de Pós Graduação em Comunicação e do Departamento de Comunicação Social da Universidade Federal de Minas Gerais (UFMG), Belo Horizonte, MG, Brasil.

Referências

ABDALA, Mônica Chaves. Saberes e sabores: tradições culturais populares do interior de Minas e de Goiás. História: Questões & Debates, Curitiba, n. 54, p. 125-158, jan./jun. 2011. Editora UFPR. https://doi.org/10.5380/his.v54i1.25743.

COUTINHO, Iluska; MATA, Jhonatan. Telejornalismo a serviço do público: a voz do povo em cena. Revista Famecos, Porto Alegre, v. 17, n. 1, p. 65-73. jan./abr. 2010. https://doi.org/10.15448/1980-3729.2010.1.6881.

FRANCISCATO, Carlos Eduardo. A fabricação do presente: como o jornalismo reformulou a experiência do tempo nas sociedades ocidentais. São Cristóvão: Editora UFS; Aracaju: Fundação Oviêdo Teixeira, 2005. 274 p.

GOMES, Itania. Raymond Williams e a hipótese cultural da estrutura de sentimento. In: GOMES, Itania; JANOTTI, Jeder (org.). Comunicação e estudos culturais. Salvador: EDUFBA, 2011. p. 29-48.

LISBOA FILHO, Flavi Ferreira; ENNINGER, Rossana Zott. Identidade e televisão regional: conceitos e aproximações. Intercom – Sociedade Brasileira de Estudos Interdisciplinares da Comunicação, XXXVI Congresso Brasileiro de Ciências da Comunicação – Manaus/ AM – 4 a 7 set. 2013. Disponível em http://w3.ufsm.br/estudosculturais/arquivos/trabalhos-eventos/IDENTIDADE%20E%20TELEVIS%C3%83O%20REGIONAL%20CONCEITOS%20E%20APROXIMA%C3%87%C3%95ES.pdf. Acesso em: 20 mar. 2018.

MARTÍN-BARBERO, Jesús. Dos meios às mediações: comunicação, cultura e hegemonia. Rio de Janeiro: Editora UFRJ, 2006, p. 11-21.

MATA, Jhonatan. Um telejornal para chamar de seu: identidade, representação e inserção popular no telejornalismo local. Dissertação (Mestrado em Comunicação) – Faculdade de Comunicação, UFJF, Juiz de Fora, 2011.

MEAD, George Herbert. The nature of aesthetics experience. International Journal of Ethics, [s. l.], v. 36, n. 4, p. 382-393, 1926. https://doi.org/10.1086/intejethi. 36.4.2377635.

MUSSE, Christina. Cultura, televisão e imaginário urbano. Matrizes, [s. l.], v. 7, n. 1, p. 223-234, jan./jun. 2013. https://doi.org/10.11606/issn.1982-8160.v7i1p223-234.

MUSSE, Christina; VARGAS, Herom; NICOLAU, Marcos. Apresentação – Temporalidades: dos conceitos às aplicações midiáticas. In: MUSSE, C.; VARGAS, H.; NICOLAU, M. (org.). Comunicação, mídias e temporalidades. Salvador: Edufba, 2017. p. 7-16.

RIBEIRO, Ana Paula; LEAL, Bruno; GOMES, Itania. A historicidade dos processos comunicacionais: elementos

para uma abordagem. In: MUSSE, C.; VARGAS, H.; NICOLAU, M. (org.). Comunicação, mídias e temporalidades. Salvador: Edufba, 2017, p. 37-58.

ROCHA, Simone. “Ele é o atraso e você a modernidade”: experiências anacrônicas da modernidade latino-americana na televisualidade brasileira, o caso da telenovela Duas Caras. In: FRANÇA, V.; COHEN, E.; GOMES, I. (org.). Gêneros midiáticos e identidade. Belo Horizonte: PPGCOM UFMG, 2017, p. 115-132.

SILVA, Fernanda Mauricio da; GUTMANN, Juliana. O feminino dá o tom: resultados de uma análise histórica e cultural do talk show no Brasil. Texto apresentado no XXVI Encontro Anual da Compós, São Paulo, jun. 2017.

SILVA, Marcos Vinícius. O estilo televisivo e a figuração da mineiridade em programas de caráter regional. 2017. Dissertação (Mestrado em Comunicação Social) – Faculdade de Filosofia e Ciências Humanas, UFMG, Belo Horizonte, 2017.

TERRA DE MINAS. Programa TV Globo Minas. 7 mar. 2015.

TERRA DE MINAS. Programa TV Globo Minas. 7 maio 2016a.

TERRA DE MINAS. Programa TV Globo Minas. 14 maio 2016b.

TERRA DE MINAS. Programa TV Globo Minas. 25 jun. 2016c.

TERRA DE MINAS. Programa TV Globo Minas. 18 nov. 2017a.

TERRA DE MINAS. Programa TV Globo Minas. 9 dez. 2017b.

WILLIAMS, Raymond. O campo e a cidade: na história e na literatura. São Paulo: Companhia das Letras, 2011a.

WILLIAMS, Raymond. Cultura. Rio de Janeiro: Paz e Terra, 2011b.

WILLIAMS, Raymond. Marxismo e Literatura. Rio de Janeiro: Zahar Editores, 1979. p. 179-184.

Publicado
2020-07-16
Como Citar
da Silva, F. M. (2020). Tramas do tempo no telejornalismo local: temporalidades sociais no programa Terra de Minas. Revista FAMECOS, 27, e33837. https://doi.org/10.15448/1980-3729.2020.1.33837
Seção
Audiovisual