Análise das mediações do pop-popular do videoclipe Flei

Palavras-chave: Videoclipe Pós-MTV, Gênero musical, Audiovisual

Resumo

Este artigo propõe uma análise do videoclipe Flei, levando em consideração as articulações entre gênero, gênero musical e plataformas on-line de disponibilização de conteúdos musicais. Acredita-se que para compreender o que é um videoclipe devemos levar em consideração o papel que as novas mediações audiovisuais desempenham em um ambiente onde a grade televisiva já não tem a importância que tinha na era MTV. Assim, buscamos analisar o videoclipe da canção “Flei”, do cantor Daniel Peixoto, apontando como as assinaturas de gênero e gênero musical são articuladas de modo político e estético. A partir do desenvolvimento do arcabouço teórico formado pelos conceitos de videoclipe pós-MTV, mediação, gênero e gêneros musicais chegamos à conclusão de que os videoclipes no atual cenário cultural antes de serem produtos de divulgação de produtos musicais são mediações de performances públicas de gostos associadas aos gêneros musicais.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Biografia do Autor

Jeder Janotti Junior, Universidade Federal de Pernambuco
Pesquisador bolsa produtividade CNPq, Professor do Programa de Pós-Graduação da UFPE, visiting scholar at McGill University
João André Alcantara, UFPE
Doutorando do Programa de Pós-Graduação em Comunicação da UFPE

Referências

BORN, Georgina. Musica and Materialization of Identities. Journal of Material Culture, Sage, v. 16, n. 4, p. 376 - 388, 2011.

BUTLER, Judith. Relatar a si mesmo. Crítica da violência ética. Belo Horizonte: Autêntica Editora, 2015.

BLOC-BORIS, Kiko. Daniel Peixoto tem fome de viver. Cariri Revista, Juazeiro do Norte, v. 1, n. 3, p. 30-38, out. 2011.

DIAS, Eduardo. “Eu vou samplear, eu vou te roubar”: cena, mercado e música do tecnobrega no videoclipe Xirley. In: XXXV Congresso Brasileiro de Ciências da Comunicação, Intercom, 35, 2012, Fortaleza. Anais... Fortaleza: UNIFOR, 2012.

GOMES, Itânia. Gênero televisivo como categoria cultural: um lugar no centro do mapa das mediações de Jesús Martín-Barbero. Revista Famecos, Porto Alegre, v. 18, n. 1, p. 111-130, jan./abr. 2011.

GROSSBERG, Laurence. Cultural Studies in The Future Tense. Durham/London: Duke University Press, 2010.

JANOTTI JR., Jeder. Por uma análise midiática da música popular massiva. Revista E-Compós, Brasília, v. 6, n. 2, p. 1-15, maio./ago. 2006.

RANCIÈRE, Jaques. O Que Significa “Estética”? Trad. de R. P. Cabral. Projecto Imago, 2011. Disponível em: http://cargocollective.com/ymago/Ranciere-Txt-2. Acesso

em: 16 mai. 2017.

RINCÓN, Omar. O Popular na Comunicação: Culturas Bastardas + Cidadanias Celebrities. Revista Eco-Pós, Rio de Janeiro, v. 19, n. 3, p. 27-49, 2016.

SÁ, Simone Pereira de. Somos Todos Fãs e Haters? Cultura Pop, Afetos e Pertormance de Gosto nos Sites das Redes Sociais. Revista Eco-Pós, Rio de Janeiro, v. 19, n. 3, p. 50-67, 2016.

GALDINO, Erik. Confira fotos de Daniel Peixoto, ex-montage, em ensaio Queer. Disponível em: https://disponivel.uol.com.br/acapa/revista/confira-fotos-dedaniel-

peixoto-exmontage-em-ensaio-queer/13/38/9256. Acesso em: 27 out. 2017.

GLOBO TV. Daniel Peixoto fala sobre a volta do Montage. SE LIGA VM. 11 abr. 2015. Disponível em: http://globotv.globo.com/tv-verdes-mares/se-liga-vm/v/seliga-vm-daniel-peixoto-fala-sobre-a-volta-do-montage/4102629/. Acesso em: 13 mai. 2017.

PEIXOTO, Daniel. FLEI. YouTube. 28 jan. 2014. Disponível em: https://www.youtube.com/watch?v=mc2uI82hnJ0. Acesso em: 13 mai. 2017.

Publicado
2018-04-07
Como Citar
Janotti Junior, J., & Alcantara, J. A. (2018). Análise das mediações do pop-popular do videoclipe Flei. Revista FAMECOS, 25(2), ID27641. https://doi.org/10.15448/1980-3729.2018.2.27641
Seção
Audiovisual