A tecnologia e a evolução podem levar a comunicação para a esfera das mentes

Palavras-chave: Mídias digitais, Cibernética, Noosfera

Resumo

A submersão tecnológica redefine as individualidades na vida virtualizada, onde a comunicação entre homens e máquinas se efetiva com interatividades elétricas, por interfaces com toques e movimentos físicos, comandos orais ou através dos olhos. Na neurociência máquinas passaram a entender instruções a partir de mensagens produzidas pelo cérebro humano. Neste texto, intentamos mostrar que isto tem muita relevância para as comunicações e, entendendo o atual momento como o da tecnosfera, se investiga até que ponto as inovações levarão o campo da comunicação para a noosfera. O objetivo é o de, baseado em bibliografia específica, refletir se as reconfigurações alterarão o processo de produção, acesso e consumo de mensagens comunicativas.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Biografia do Autor

Sebastião Carlos Squirra, Umesp
Professor do Programa de Pós-graduação em Comunicação, Faculdade de Comunicação, Umesp

Referências

ANDERÁOS, Ricardo. O profeta das máquinas espirituais. Folha de S. Paulo, 13 nov. 2006. p. 10.

BELL, Daniel. The third technological revolution and its possible socioeconomic consequences. New York: Dissent, Spring 1989. p.184-176.

BOFF, Leonardo. O novo patamar da mundialização: a noosfera. Carta Maior, 9 jun. 2009. Disponível em: http://cartamaior.com.br/?/Coluna/O-novo-patamar-da-mundializacao-a-noosfera/19201

CAPRA, Fritjof. A teia da vida. São Paulo: Cultrix, 1996.

CARR, Nicholas. The library of utopia. Technology review, May-Jun, 2012.

ERENO, Dinorah. Emoções catalogadas. Revista Fapesp, p.62, jan. 2015. Disponível em: http://revistapesquisa.fapesp.br/wp-content/uploads/2015/01ß/062-063_Estresse_227.pdf?458c41 Acesso em: 22 mar. 2015.

ETHERINGTON, Darrell. Apple Patents Eye-Tracking And Visual Control Tech For Mac, iOS And Beyond. Tech Crunch, 20 jan. 2015. Disponível em: http://techcrunch.com/2015/01/20/apple-patents-eye-tracking-and-visual-control-tech-for-mac-ios-and-beyond/ Acesso em: 20 mar. 2015.

GAMA, Ruy. A tecnologia e o trabalho na história. São Paulo: Nobel/Edusp, 1986.

GLEISER, Marcelo. O cérebro determina o que é real? Folha de S. Paulo, São Paulo, 13 nov. 2011. Ciência.

______. Bem vindo ao trans-humano. Folha de S. Paulo, São Paulo, 8 jun. 2014. Ciência. Disponível em:

http://www1.folha.uol.com.br/colunas/marcelogleiser/2014/06/1466640-bem-vindo-ao-trans-humanismo.shtml Acesso em: 18 dez. 2014.

GOSWAMI, Amit. A física da alma. S.Paulo: Aleph, 2008.

HALPERN, Sue. Cérebro: no controle ou controlado. The New York Review of Books, 20 jun. 2011.

IZZO, João Artur. Noosfera e Midiosfera, o Imaginário humano e o engenho da mídia. 2009. Disponível em: http://www.bocc.ubi.pt/pag/bocc-noosfera-joao.pdf Acesso em: 18 dez. 2014.

HORN, Leslie. A internet através da internet está prestes a se tornar realidade. Giz Modo, 07 nov. 2014. Ciência. Disponível em: http://m.gizmodo.uol.com.br/telepatia-pela-internet/ Acesso em: 09 fev. 2015.

LE, Tan. TED Talks A headset that reads your brainswaves. jul. 2010. Disponível em: http://www.ted.com/talks/tan_le_a_headset_that_reads_your_brainwaves Acesso em: 22 dez. 2011.

MACHADO, Irene (org.). Semiótica da cultura e semiosfera. São Paulo: Anablume, 2007.

MIRANDA, Giuliana. Mulher controla mão-robô com a mente. Folha de S.Paulo, São Paulo, 17 dez. 2012. Saúde + Ciência.

KURZWEIL, Ray. A era das máquinas espirituais. São Paulo: Aleph, 2007.

LEAL, Renata. Máquinas têm sentimentos? Revista Info, p. 57, 2011.

MIRANDA, Giuliana. Mulher controla mão-robô com a mente. Folha de S. Paulo, São Paulo, 17 dez. 2012. Saúde + Ciência.

MORIN, Edgar. O método 4: As idéias: habitat, vida, costumes, organização. POA: Sulina, 2001.

NICOLELIS. Miguel. TED Talks Brain-to-brain communication has just arrived. How we did it. 2014. Disponível em: http://www.ted.com/talks/miguel_nicolelis_brain_to_brain_communication_has_arrived_how_we_did_it#t-938363 Acesso em: 22 mar. 2015.

PENROSE, Roger. A mente nova do rei. Computadores, mentes e as leis da física. Rio de Janeiro: Campus, 1993.

PODOLY, Erez. The next front of wearables. Tech Crunch, 28 jan. 2015. Disponível em: ttp://techcrunch.com/2015/01/28/the-next-front-of-wearables/ Acesso em: 23 abr. 2015.

SANTOS, Milton. A natureza do espaço. São Paulo: Edusp, 2008.

SEIFE, Charles. Decodificando o universo. Rio de Janeiro: Rocco, 2010.

SILVA, Fábio de Barros. Teilhard de Chardin: a ideia de evolução e vida pessoal. Metavóia, São João del-Rei, n. 1, p. 31-42, jul. 1998/1999. Disponível em: http://www.ufsj.edu.br/portal-repositorio/File/table/revistametanoia_material_revisto/revista01/trexto03_evolucao_thellard_de_chardin.pdf Acesso em: 14 jan. 2015.

SQUIRRA, S. O futuro da TV na fusão tecnológica que tudo altera. Revista de Radio Difusão da SET-Sociedade de Engenharia de TV, v. 7, n. 7, p. 21-27, 2013. Disponível em: http://www.set.org.br/revistaderadiodifusão Acesso em:14 jan. 2015.

STERNBERG, Robert. Psicologia cognitiva. São Paulo: Cengage Learning, 2013.

TENÓRIO, Robinson M. Cérebros e computadores. São Paulo: Escrituras, 2001.

WIENER, Norbert. Cibernética e sociedade – O uso humano de seres humanos. São Paulo: Cultrix, 1954.

WORTHAM, Jenna. Computação afetiva mira emoções. Folha de S.Paulo/NYT, São Paulo, 18 jun. 2013. Disponível em: http://www1.folha.uol.com.br/fsp/newyorktimes/114491- quotcomputacao-afetivaquot-mira-emocoes.shtml Acesso em: 14 jun. 2014.

Publicado
2015-11-11
Como Citar
Squirra, S. C. (2015). A tecnologia e a evolução podem levar a comunicação para a esfera das mentes. Revista FAMECOS, 23(1), ID21275. https://doi.org/10.15448/1980-3729.2016.1.21275
Seção
Cibercultura