A legião dos rejeitados: notas sobre exclusão e hegemonias no cinema brasileiro dos anos 2000

  • João Guilherme Barone Reis e Silva Pontifícia Universidade Católica do Rio Grande do Sul.
Palavras-chave: Cinema brasileiro, Distribuição, Indústria cinematográfica

Resumo

Este artigo retoma questões relacionadas ao desempenho dos filmes de longa metragem nacionais lançados no mercado de salas, entre os anos 2000-2009, os quais não atingiram a marca de 50 mil espectadores, propondo algumas reflexões sobre a ocorrência de processos hegemônicos e de exclusão que parecem ter se estabelecido no cinema brasileiro contemporâneo.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Biografia do Autor

João Guilherme Barone Reis e Silva, Pontifícia Universidade Católica do Rio Grande do Sul.
P

Referências

BARONE, João Guilherme B. Reis e Silva. Comunicação e indústria audiovisual. Cenários tecnológicos e institucionais do cinema brasileiro na década de 90. Porto Alegre: Sulina, 2009.

______. Distribuição e exibição. Exclusão, assimetrias e as crises do cinema brasileiro contemporâneo. In: PAIVA, Samuel; CÁNEPA, Laura; SOUZA, Gustavo. (Org.). XI Estudos de cinema e audiovisual SOCINE. São Paulo: SOCINE, 2010.

CRETON, Laurent. Économie du cinema: perspectives estratégiques. Paris: Bertrand Dreyfuss, 1995.

DIAS, Adriana; SOUZA, Letícia. (Org.). Film Business: o negócio do Cinema. Rio de Janeiro: Elsevier Editora, 2010.

GATTI, André. O mercado cinematográfico brasileiro: uma situação global?. In: MELEIRO, Alessandra. (Org.). Cinema no mundo. Indústria, política e mercado. São Paulo: Escrituras e Iniciativa Cultural, 2007.

PHAM, Annika; WATSON, Neil; DURIE, John. The Film Marketing Handbook. Media Business School: Hampshire, 1993.

SILVA, Hadija Chalupe da. O filme nas telas. A distribuição do cinema nacional. São Paulo: Terceiro Nome, Iniciativa Cultural, 2010.

Publicado
2014-01-14
Como Citar
Reis e Silva, J. G. B. (2014). A legião dos rejeitados: notas sobre exclusão e hegemonias no cinema brasileiro dos anos 2000. Revista FAMECOS, 20(3), 776-819. https://doi.org/10.15448/1980-3729.2013.3.15915
Seção
Metodologias