Atenção e emoções

Um binômio para o ensino da leitura

Palavras-chave: Atenção e emoções, Neuropsicologia da leitura, déficit de atenção em leitura

Resumo

A compreensão leitora depende de elementos relacionados ao texto, ao autor e ao leitor. Além de conhecimento linguístico e conhecimento de mundo, o aparato cognitivo do indivíduo assume vital importância no processo de leitura. A memória é um componente cognitivo de fundamental importância para a aprendizagem e ao qual pesquisadores têm dedicado muitos estudos. Porém, a memória é um componente que depende da atenção para a sua formação e sofre grande influência das emoções. Atenção e emoções, por sua vez, apresentam uma inter-relação bastante estreita, na medida em que as emoções podem influenciar o foco atencional. São apresentados neste artigo três fatores apontados pela literatura que podem modular a relação entre atenção e emoções —  a saber, a relevância de estímulos distratores, a motivação e as características individuais dos sujeitos — e , na sequência, discute-se de que modo a conjugação destes elementos pode beneficiar o professor no planejamento do ensino da leitura. 

Downloads

Não há dados estatísticos.

Biografia do Autor

Taís Bopp da Silva, Universidade Federal de Pelotas (UFP), Pelotas, RS, Brasil.

Doutora em Estudos da Linguagem; professora associada da Universidade Federal de Pelotas (UFPel), em Pelotas, RS, Brasil. Coordenadora atual do projeto de pesquisa “Metacognição e pensamento crítico no aprendizado de linguística”. Realizou estágio pós-doutoral na Faculty of Social and Behavioural Sciences, da Universidade de Utrecht, nos Países Baixos.

Referências

BARETTA, Danielle; PEREIRA, Vera Wannmacher. Predição leitora e consciência textual: um estudo com alunos do ensino fundamental. Ilha do desterro, Florianópolis, v. 72, n. 3, p. 139-173, set./dez. 2019.

BRANDÃO, Ana Carolina Perussi; SPINILLO, Alina Galvão. Aspectos gerais e específicos na compreensão de textos. Psicologia: Reflexão e Crítica, [S. I.], v. 11, n. 2, p. 253-272, 1998.

BROADBENT, Donald E. Perception and communication. London: Pergamon Press, 1958.

CASTRO, Joselaine Sebem de. Emoção e memória: reflexões sobre a influência dessa relação na aprendizagem da leitura. Letras de Hoje, Porto Alegre, v. 37, n. 2, p. 25-36, jun. 2002.

CATANIA, Charles A. Aprendizagem: comportamento, linguagem e cognição. 4. ed. Porto Alegre: Artes Médicas Sul, 1999.

COSENZA, Ramon M.; GUERRA, Leonor B. Neurociência e educação: como o cérebro aprende. Porto Alegre: Artmed, 2011.

DAMÁSIO, Antônio R. O erro de Descartes: emoção, razão e o cérebro humano. 3. ed. São Paulo: Companhia das Letras, 2009.

DAMÁSIO, Antônio R. E o cérebro criou o homem. São Paulo: Companhia das Letras, 2011.

DEUTSCH, Jaroslav Anthony.; DEUTSCH, Diana. Attention: some theoretical considerations. Psychological Review, [S. I.], v. 70, p. 80-90, 1963.

DOLAN, Raymond Joseph; VUILLEUMIER, Patrick. Amygdala automaticity in emotional processing. Annals New York Academy of Sciences, [S. I.], v. 865, n. 1, p. 348-355, 2003.

EYAL, Nitza; RIECHENTAL, Yael. Memória inteligente: como sempre lembrar do que você precisa — e só do que você precisa. Petrópolis: Vozes, 2017.

FÁVERO, Leonor Lopes. Coesão e coerência textuais. 10. ed. São Paulo: Ática, 2004.

FOX, Elaine; RUSSO, Riccardo; GEORGIOU, George A. Anxiety modulates the degree of attentive resources required to process emotional faces. Cognitive, Affective Behavioral Neuroscience, [S. I.], v. 5, n. 4, p. 396-404, 2005.

GABRIEL, Rosângela; MORAIS, José; KOLINSKY, Régine. A aprendizagem da leitura e suas implicações sobre a memória e a cognição. Ilha do Desterro, Florianópolis, v. 69, n. 1, p. 61-78, 2016.

GUIMARÃES, Elisa. A articulação do texto. 9. ed. São Paulo: Ática, 2005.

GUIMARÃES, Sueli Edi Rufini; BZUNECK, José Aloyseo. Propriedades psicométricas de uma medida de avaliação da motivação intrínseca e extrínseca: um estudo exploratório. Psico USF, [S. I.], v. 7, n. 1, p. 1-8, jun. 2002.

HAMANN, Stephan.; CANLI, Turhan. Individual differences in emotion processing. Current Opinion in Neurobiology, [S. I.], v. 14, p. 233-238, 2004.

HELENE, André Frazão; XAVIER, Gilberto Fernando. A construção da atenção a partir da memória. Revista Brasileira de Psiquiatria, [S. I.], v. 25, supl. 2, p. 12-20, 2003.

KINTSCH, Walter; PATEL, Vimla L.; ERICSSON, K. Anders. The role of the long-term working memory in text comprehension. Psychologia, [S. I.], v. 42, n. 4, p. 186-198, 1999.

KINTSCH, Walter; RAWSON, Katherine A. Compreensão. In: SNOWLING, Margarete J.; HULME, Charles (org.). A ciência da leitura. Porto Alegre: Penso, 2013. p. 227-244.

KINTSCH, Walter; VAN DIJK, Teun A. Toward a model of text comprehension and production. Psychological Review, [S. I.], v. 85, n. 5, p. 363-394, 1978.

KOCH, Ingedore Villaça. Desvendando os segredos do texto. 8. ed. São Paulo: Contexto, 2002.

KOCH, Ingedore Villaça; ELIAS, V. M. Ler e compreender os sentidos do texto. 3. ed. São Paulo: Contexto, 2017.

LANG, Peter J. The emotion probe. Studies of motivation and attention. American Psychologist, [S. I.], v. 50, n. 5, p. 372-385, 1995.

LAVIE, Nillie. Distracted and confused? Selective attention under load. Trends in Cognitive Science, [S. I.], v. 9, n. 2, p. 75-82, 2005.

LEAHY, Robert; TIRCH, Dennis; NAPOLITANO, Lisa A. Regulação emocional em psicoterapia: um guia para o terapeuta cognitivo-comportamental. Porto Alegre: Artmed, 2013.

LEFFA, Vilson. Aspectos da Leitura: Uma perspectiva psicolinguística. Porto Alegre: Sagra-D. C. Luzzato, 1996.

LIEURY, Alain; FENOUILLET, Fabien. Motivação e aproveitamento escolar. São Paulo: Loyola, 2000.

LOCKE, Hanna S.; BRAVER, Todd S. Motivational influences on cognitive control: behavior, brain activation and individual differences. Cognitive, Affective & Behavioral Neuroscience, [S. I.], v. 1, n. 8, p. 99-108, 2008.

MARCUSCHI, Luís Antônio. Leitura como processo inferencial num universo cultural-cognitivo. Leitura: Teoria e Prática, [S. I.], n. 4, p. 3-16, 1985.

MOHANTY, Aprajita et al. The spatial attention network interacts with limbic and monoaminergic systems to modulate motivation-induced attention shifts. Cerebral Cortex, [S. I.], v. 18, n. 11, p. 2604-2613, 2008.

OLIVEIRA, Letícia et al. Emotion and attention interaction: a trade-off between stimuli relevance, motivation and individual differences. Frontiers in Human Neuroscience, [S. I.], v. 7, p. 1-5, 2013.

PERGHER, Giovanni Kuckartz et al. Memória, humor e emoção. Revista de Psiquiatra do Rio Grande do Sul, [S. I.], v. 28, n. 1, p. 61-88, jan./abr. 2006.

REISENZEIN, Rainer. Cognition and emotion: a plea for theory. Cognition and Emotion, [S. I.], v. 33, p. 1-10, 2019.

RIBEIRO, Rafaela Larsen. Neurobiologia das emoções. In: SANTOS, Flávia Heloísa dos; ANDRADE, Vivian Maria; BUENO, Orlando Francisco Amadeo (org.). Neuropsicologia hoje. Porto Alegre: Artmed, 2015. p. 98-105.

RIESGO, Rudimar dos Santos. Transtorno da memória. In: ROTTA, Newra Tellechea; OHLWEILER, Lygia; RIESGO, Rudimar dos Santos (org.). Transtornos da aprendizagem: abordagem neurobiológica e multidisciplinar. 2. ed. Porto Alegre: Artmed, 2016. p. 247-261.

SANTOS, Flávia Maria Teixeira dos. As emoções nas interações e a aprendizagem significativa. Ensaio: Pesquisa em Educação em Ciências, Belo Horizonte, v. 9, n. 2, p. 173-187, jul./dez. 2007.

SCLIAR-CABRAL, Leonor. Processamento bottom-up na leitura. Revista de Estudos Linguísticos Veredas: Psicolinguística, Juiz de Fora, n. 2, p. 24-33, 2008.

SOUSA, Lucilene Bender de; HÜBNER, Lilian Cristine. Desafios na avaliação da compreensão leitora: demanda cognitiva e leiturabilidade textual. Revista Neuropsicologia Latinoamericana, [S. I.], v. 7, n. 1, p. 34-46, 2015.

SPINILLO, Alina Galvão; SIMÕES, Patrícia Uchoa. O desenvolvimento da consciência metatextual em crianças: questões conceituais, metodológicas e resultados de pesquisas. Psicologia: Reflexão e Crítica, [S. I.], v. 16, n. 3, p. 537-548, 2003.

SPINILLO, Alina Galvão. A dimensão social, linguística e cognitiva da compreensão de textos: considerações teóricas e aplicadas. In: MOTA, Maria Perusi E. da; SPINILLO, Alina Galvão (org.). Compreensão de textos. São Paulo: Casa do Psicólogo, 2013. p. 171-198.

STERNBERG, Robert J. Psicologia Cognitiva. São Paulo: Cengage Learning, 2013.

TREISMAN, Anne M. Contextual cues in selective listening. Quarterly Journal of Experimental Psychology, [S. I.], v. 12, n. 4, p. 242-248, 1960.

YIEND, Jenny. The effects of emotion on attention: a review of attentional processing of emotional information. Cognition and Emotion, [S. I.], v. 24, n. 1, p. 3-47, 2010.

Publicado
2021-06-10
Como Citar
Silva, T. B. da . (2021). Atenção e emoções: Um binômio para o ensino da leitura. Letrônica, 14(2), e38656. https://doi.org/10.15448/1984-4301.2021.2.38656