Temperança de Tonus: agora vai ser assim contra a intolerância

Palavras-chave: Temperança, Intolerância, Poesia, Xenofobia

Resumo

O presente artigo estuda a poesia de Leonardo Tonus. Este autor publicou recentemente seu livro “Agora vai ser assim” pela editora Nos (2018). Investigamos uma poesia que acusa a intolerância do presente a partir de um estilo bem mesclado e complexo. Procuramos uma relação com a figura da Temperança, do Tarot. Analisamos sua biografia, enquanto desterritorializado e, também, vários de seus versos. Recorremos, teoricamente, à geografia humana de Milton Santos; à sociologia da modernidade líquida de Zigmunt Bauman. Uma poesia altamente crítica que questiona a intolerância, o preconceito e a xenofobia dos tempos atuais.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Biografia do Autor

Daniel de Oliveira Gomes, Universidade Estadual de Ponta Grossa (UEPG), Ponta Grossa, PR

Doutor e mestre em Literatura pela Universidade Federal de Santa Catarina (UFSC, Florianópolis, SC, Brasil), atualmente em estágio pós-doutoral junto à Université Paris Nanterre (UPN, Paris, França) no Centre de Recherches Interdisciplinaires sur le monde Lusophone (CRILUS). Leciona na Pós-graduação em Estudos da Linguagem junto à Universidade Estadual de Ponta Grossa (UEPG, Ponta Grossa, PR, Brasil), onde é também vinculado como professor associado nos Cursos de Letras, área de Literatura.

Referências

AGAMBEN, Giorgio. Homo sacer: O poder soberano e vida nua. Belo Horizonte: Ed. UFMG, 1995.

AGAMBEN, Giorgio. O que resta de Auschwitz: o arquivo e o testemunho (Homo Sacer III). São Paulo: Boitempo Editorial, 2008.

AMOREIRA, Flavio Viegas. Leonardo Tonus, poesia social. 2018. Disponível em: https://levaumcasaquinho.blogspot.com/2018/06/leonardo-tonus-poesia-social-por-flavio.html.

BAUMAN, Zygmunt. Trabajo, consumismo y nuevos pobres. Barcelona: Gedisa, 2011.

BAUMAN, Zygmunt. Amor Líquido. Sobre a fragilidade dos laços humanos. Trad. Carlos Alberto Medeiros. Rio de Janeiro: Jorge Zahar, 2004.

DERRIDA, Jacques. Esta estranha instituição chamada Literatura. Trad. de Marileide Dias Esqueda. Belo Horizonte: Editora UFMG, 2014.

GINISCI, Armando. Migração e literatura. Tradução da Profa. Dra. Shirley de Souza Gomes Carreira. Revista

Eletrônica do Instituto de Humanidades, v. II, n. VII, out.-dez., 2003.

NETO, Raimundo. Agora vai ser assim de Leonardo Tonus e o exercício da alteridade. São Paulo Review, 2019. Disponível em: saopauloreview.com.br/agora-vai-ser-assim-de-leonardo-tonus-e-o-exercicio-da-alteridade.

SANTOS, Milton. Técnica, espaço, tempo: globalização e meio técnico-científico informacional. São Paulo: Hucitec, 1994.

SANTOS, Milton. Pensando O espaço do Homem. São Paulo: Hucitec, 1982.

SANTOS, Milton. A natureza do espaço: técnica e tempo, razão e emoção. São Paulo: Hucitec, 1996.

TONUS, Leonardo. A Poética de um expatriado. Entrevista a Mário Câmara. Jornal Rascunho, Curitiba. Disponível em: http://rascunho.com.br/a-poetica-de-um-expatriado/.

TONUS, Leonardo. Agora vai ser assim. São Paulo: Editora Nos, 2018.

Publicado
2020-02-16
Como Citar
Gomes, D. de O. (2020). Temperança de Tonus: agora vai ser assim contra a intolerância. Letrônica, 13(2), e35402. https://doi.org/10.15448/1984-4301.2020.2.35402