A teoria da responsabilidade de Hans Jonas como resposta ética aos problemas levantados pela técnica moderna

  • José Carlos Moreira (FAJE) FAJE
Palavras-chave: Jonas, tecnologia, responsabilidade, ética e metafísica.

Resumo

Resumo: O advento da técnica moderna faz emergir novos e desafiadores problemas para o campo da ética e, atrelado a isso, urge a necessidade da formulação de um princípio ético que seja capaz de pensar os avanços da tecnologia. Destarte, nosso objetivo consiste em mostrar em que medida o projeto filosófico de Hans Jonas pode contribuir para o desenvolvimento de uma Teoria da Responsabilidade enquanto imperativo ético que promova a reconciliação entre homem e natureza. Além disso, buscaremos repensar, à luz da teoria da responsabilidade, o paradoxo esperança - medo erguido justamente com o advento da técnica moderna, cujo “braço enormemente prolongado de que hoje dispomos” e do qual emana o nosso poder de interferir no mundo, representa, ao mesmo tempo, ameaça às futuras gerações. Uma vez que a técnica moderna coloca um problema para a ética, Jonas entende que a responsabilidade como uma teoria ética capaz de responder aos problemas colocados pelas modernas tecnologias exige uma fundamentação metafísica. Portanto, podemos compreender que a ética jonasiana é fundada no ser, de modo que a responsabilidade emerge como o novo dever do homem. Finalmente, para exemplificar a noção de responsabilidade como o novo dever do homem, Jonas propõe dois modelos: a responsabilidade dos pais para com os filhos e a responsabilidade do homem público na esfera política.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Biografia do Autor

José Carlos Moreira (FAJE), FAJE
Graduado em Filosofia - PUCPR, Graduado em Teologia - FAJE e Mestrando em filosofia pela FAJE
Publicado
2014-11-18
Como Citar
Moreira (FAJE), J. C. (2014). A teoria da responsabilidade de Hans Jonas como resposta ética aos problemas levantados pela técnica moderna. Intuitio, 7(2), 146-160. https://doi.org/10.15448/1983-4012.2014.2.18433
Seção
Artigos