Um novo modelo de raciocínio prático como uma possível resposta ao fenômeno do multiculturalismo em Charles Taylor

  • Caroline Ferreira Fernandes (FAJE) Faculdade Jesuíta de Filosofia e Teologia
Palavras-chave: Charles Taylor, razão prática, reconhecimento, multiculturalismo.

Resumo

Nosso escopo fundamental nesse trabalho é mostrar que o modelo de razão prática proposto por Charles Taylor é um possível caminho para responder ao problema do multiculturalismo contemporâneo. Problema esse que tem se mostrado urgente nos tempos atuais e sido alvo de uma vasta literatura, sendo muitas delas ambivalentes. Nessa perspectiva, nosso esforço nesse artigo será mostrar que o caminho hermenêutico de racionalidade prática é capaz de promover um desenvolvimento autêntico de reconhecimento entre pessoas e culturas. O trabalho está dividido em três partes fundamentais: A primeira parte mostrará as inadequações do modelo desprendido de razão prática moderna que temos vivido na modernidade. Na segunda parte, mostraremos como Taylor desenvolve um novo modelo de razão prática sem critérios preestabelecidos em disputas morais. Na terceira e última parte, evidenciaremos a nossa tese de que essa noção de razão prática que culmina em uma política do reconhecimento pode ser um caminho para lidarmos com o problema do multiculturalismo sem cairmos em um relativismo moral.

 

Downloads

Não há dados estatísticos.

Biografia do Autor

Caroline Ferreira Fernandes (FAJE), Faculdade Jesuíta de Filosofia e Teologia
Mestranda do Programa de Pós-graduação em Filosofia da Faculdade Jesuíta de Filosofia e Teologia, na linha de ética.

Referências

FRANKFURT, Harry. Freedom of the will and the concept of a person, in The Journal of Philosophy, Vol. 68. N. 1 (1971), pp. 5-20.

KOYRÉ, ALEXANDRE. Do mundo fechado ao universo infinito. 4ª. ed. Rio de Janeiro: Forense universitária, 2006.

RIBEIRO, Elton Vitoriano. Reconhecimento ético e virtudes. São Paulo: Loyola, 2012.

RORTY, Richard. A filosofia e o espelho da natureza. Rio de Janeiro: Relume Dumará, 1995.

TAYLOR, Charles. Argumentos filosóficos. São Paulo: Loyola, 2000.

__________. As Fontes do Self: a construção da identidade moderna. 3ª. ed. São Paulo: Loyola, 2011.

__________. Philosophy and the human sciences - Philosophical papers 2. Cambridge: Cambridge University Press, 1985.

__________. Human agency and language - Philosophical papers 1. Cambridge: Cambridge University Press, 1985.

__________. La Libertad de los modernos. Buenos Aires: Amorrortu, 2005.

__________. Leading a Life, in Chang, R. (org.), Incommensurability, Incomparability and Practical Reason, Cambridge, 1997, 170-183.

__________. Multiculturalismo: Examinando a política de reconhecimento. Lisboa: Instituto Piaget, s.d.

__________. Uma era secular. São Leopoldo: Unisinos, 2010.

Publicado
2014-06-13
Como Citar
Ferreira Fernandes (FAJE), C. (2014). Um novo modelo de raciocínio prático como uma possível resposta ao fenômeno do multiculturalismo em Charles Taylor. Intuitio, 7(1), 200-214. https://doi.org/10.15448/1983-4012.2014.1.17407
Seção
Artigos