Aspectos da diferença ontológica na introdução de Ser e Tempo

  • Fábio François Mendonça Fonseca (UFRJ) PPGLM (UFRJ)
Palavras-chave: Diferença Ontológica, Metafísica, Questão do Ser

Resumo

Aprecio neste texto alguns desdobramentos da diferença ontológica que podem ser traçados a partir da discussão que abre Ser e Tempo a respeito dos preconceitos que obstruíram a questão de ser ao longo da tradição metafísica.  Tentarei argumentar que Heidegger consegue extrair destes preconceitos três aporias que provam indiretamente uma implicação específica da diferença ontológica que tem consequências metodológicas para a ontologia fundamental, a conclusão de que o ser não é um ente subsistente a ser determinado segundo sentenças assertóricas.  Finalmente, tentarei explicar por que Heidegger contorna logo de início o encaminhamento da ontologia tradicional que presume que o ser é primordialmente o ser de um ente subsistente.  

Downloads

Não há dados estatísticos.
Publicado
2014-06-13
Como Citar
Mendonça Fonseca (UFRJ), F. F. (2014). Aspectos da diferença ontológica na introdução de Ser e Tempo. Intuitio, 7(1), 32-42. https://doi.org/10.15448/1983-4012.2014.1.16370
Seção
Artigos