Os “novos bandeirantes” em marcha: o jornal Anhanguera como expressão do ideário bandeirista

Palavras-chave: apropriação, bandeirante, ideologia, política.

Resumo

No presente artigo, avaliaremos a importância do jornal Anhanguera como principal veículo midiático de divulgação do ideário do Movimento Bandeira em meados de 1937. Para tanto, discutiremos as bases ideológicas desse movimento, seus membros e a forma de divulgação de seu ideário e, ao mesmo tempo, apontaremos como esse jornal foi recebido entre militares e civis. Um último ponto de destaque desse artigo será a forma como os redatores do jornal Anhanguera criticavam a figura de Getúlio Vargas e defendiam a candidatura de Armando de Salles à Presidência da República. Para que seja possível o desenvolvimento desse estudo, contaremos com as contribuições de Norbert Elias, Roger Chartier e Tania Regina de Luca, de modo que, esses autores nos auxiliarão no entendimento da articulação de uma “sociedade de indivíduos” através do jornal Anhanguera, a qual tem como habitus social a apropriação das representações literária do bandeirante paulista recheada por representações políticas.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Biografia do Autor

George Leonardo Seabra Coelho, Universidade Federal do Tocantins (UFT), Arraias, TO.

Pós-doutor em História pela Universidade Federal do Estado do Rio de Janeiro (UNIRIO, Rio de Janeiro, RJ, Brasil), Doutor em História pela Universidade Federal de Goiás (UFG, Goiânia, GO, Brasil), professor Adjunto da Universidade Federal do Tocantins.

Referências

A ARMADA vai ser expurgada dos elementos integralistas que procuram conspurca-la. Anhanguera, São

Paulo, 18 ago. 1937, p. 1.

ANHANGUERA. Anhanguera, São Paulo, 19 jul. 1937, p. 1.

ANHANGUERA. Anhanguera, São Paulo, 20 ago. 1937, p. 1.

ANHANGUERA. Anhanguera, São Paulo, 29 jun. 1937, p. 1.

BARATA, Júlio. Dando Alma ao Brasil. Anhanguera, São Paulo, 4 jul. 1937, p. 3.

BEVILAQUA, Clovis. Anhanguera, São Paulo, 27 jul. 1937, p. 3.

CARNEIRO, Leví. Anhanguera, São Paulo, 26 jul. 1937, p. 3.

CHARTIER, Roger. À Beira da Falésia: a História entre Certezas e Inquietudes. Trad. Patrícia Chittoni Ramos. Porto Alegre: Ed. Universidade/UFRGS, 2002. 277 p.

COMO O SR. GETÚLIO VARGAS pretende criar razões que justifiquem a sua ostensiva intervenção no pleito presidencial. Anhanguera, São Paulo, 2 ago. 1937, Editorial, p. 5.

CONGREGAM-SE os estudantes de piracicaba, para a defesa da democracia. Anhanguera, São Paulo, 5ago. 1937, p. 3.

DEMOCRACIA. Anhanguera, São Paulo, 5 jul. 1937, Editorial, p. 1.

DUARTE, Manuel. Bandeirantes. Anhanguera, São Paulo, 26 jun. 1937, p. 3.

DUAS MENTALIDADES. Anhanguera, São Paulo, 30 jul. 1937, Editorial, p. 1.

DUAS MENTALIDADES. Anhanguera, são Paulo, 30 jun. 1937, Editorial, p. 1.

Dutra, Eurico Gaspar. Anhanguera, São Paulo, 5 ago.1937, p. 1.

ELIAS, Norbert. A sociedade dos indivíduos. Rio de Janeiro: Zahar, 1994.

EM DIA COM A OPINIÃO NACIONAL. Anhanguera, São Paulo, 3 jul. 1937, p. 2.

FAISCANDO. Anhanguera, São Paulo, 2 jul. 1937, p. 2.

FAUSTO, Boris. História Concisa do Brasil. São Paulo: EDUSP/ IMESP, 2000. 328 p.

FILHO, Ciro Marcondes. O capital da notícia. São Paulo: Ática, 1989. 188 p.

FONTOURA, Guedes de. Anhanguera, São Paulo, 29 jun. 1937, p. 3.

GOMES, Ângela Maria de Castro (coord.). Regionalismo e centralização política. Rio de Janeiro: Nova Fronteira, 1980. 501 p.

GUELFI, Maria Lúcia Fernandes. Novíssima: estética e ideologia na década de vinte. São Paulo: Instituto de Estudos Brasileiros, 1987. 264 p.

GUIMARÃES, Moreira. Bandeira e o Exército. Anhanguera, São Paulo, 26 jul. 1937, p. 3.

LUCA, Tania. Regina de. História dos, nos e por meio dos periódicos 2. ed. In: PINSKY, Carla Bassanezi (org.). Fontes Históricas. 2. ed. São Paulo: Contexto, 2008. v. 1, p. 111-153.

MENDONÇA, Sônia Regina de. Estado e sociedade: a consolidação da República oligárquica In: LINHARES, Maria Yedda (org.). História geral do Brasil: da colonização portuguesa à modernização autoritária. 9. ed. Rio de Janeiro: Campus, 1990. p. 315-326

MIANI, Rozinaldo Antônio. Charge: uma prática discursiva e ideológica. Disponível em: http://www2.eca.usp.br/nonaarte/ojs/index.php/nonaarte/article/view/3. Acesso em: 20 abr. 2015.

MICELI, Sérgio. Imagens negociadas: retratos da elite brasileira (1920-1940). São Paulo: Companhia das Letras, 1996. 174 p.

MONTEIRO, Amilton Maciel. Cassiano: fragmentos para uma biografia. São José dos Campos, SP: Univap, 2003. 424 p.

NÓS. Anhanguera, São Paulo, 26 jun. 1937, Editorial, p. 1.

O SR. GETÚLIO VARGAS ESTÁ INTERVINDO ABERTAMETNE NA CAMPANHA ELEITORAL. Anhanguera, São Paulo, 3 ago. 1937, p. 1.

OLIVEIRA, Lúcia Lippi de (coord.). Elite Intelectual e debate político nos anos 30: uma bibliografia comentada da revolução de 1930. Rio de Janeiro: INL, 1980. 356 p.

PICCHIA, Menotti del. Ensaio de exposição do pensamento bandeirante. São Paulo: Revista dos tribunais, 1936. 48 p.

PICCHIA, Menotti del. Ensaio de exposição do pensamento Bandeirante. Anhanguera, São Paulo, 5 jul. 1937, p. 3.

PICCHIA, Menotti del.; RICARDO, Cassiano.; SALGADO, Plínio Salgado. O Curupira e o Carão. São Paulo: Editora Hélios, 1927.

RÉMOND, René. As eleições. In: RÉMOND, René (org.). Por uma História política. Trad. Dora Rocha. Rio de Janeiro: Editora UFRJ, 1996. p. 37-55.

SERVA, Mário Pinto. Anhanguera, São Paulo, 1 jul. 1937, p. 4.

SILVA, Antônio Carlos Pacheco e. Armando de Salles Oliveira. São Paulo: Editora USP, 1980. 179 p.

SILVEIRA, Guaracy. Anhanguera, São Paulo, 7 jul. 1937, p. 3.

SOUZA, Carolina Soares. “Para que o Brasil continue”. Armando de Salles Oliveira e a comunidade política do

jornal O Estado de S. Paulo: entre a memória e a história (1933-1945). Disponível em: http://www.snh2013.anpuh.org/resources/anais/27/1364922151_ARQUIVO_TextoAnpuh2013.pdf. Acesso em: 08 abr. 2015

SOUZA, Maria do Carmo Campello. Estado e partidos políticos no Brasil (1930 a 1964). 3. ed. São Paul: Editora Alfa-Omega, 1990. 178 p.

TROCANDO O SR. JOPSÉ AMÉRICO PELO SR. PLÍNIO SALGADO. Anhanguera, São Paulo, 21 jul. 1937, p. 1.

UM CANDIDATO PRA O BRASIL. Anhanguera, São Paulo, 29 de jun. 1937, p. 1.

VICTOR, Rogério Lustosa. O labirinto integralista: o PRP e o conflito de memórias (1938-1962). 2012. 302 f. Tese

(História) - Departamento de História, Universidade Federal do Goiás, Goiânia, 2012.

VILLAÇA, Carlos. Movimento da Bandeira julgado por um militar. Anhanguera, São Paulo, 1 jul. 1937, p. 3.

Publicado
2020-08-10
Como Citar
Coelho, G. L. S. (2020). Os “novos bandeirantes” em marcha: o jornal Anhanguera como expressão do ideário bandeirista. Estudos Ibero-Americanos, 46(2), e34649. https://doi.org/10.15448/1980-864X.2020.2.34649
Seção
Imprensa, cultura e circulação de ideias