Ícone de um passado a ser esquecido

A demolição de uma igreja católica no contexto de decadência do Estado Imperial brasileiro

Palavras-chave: Brasil Império, Modernidade, Religião, Política, Século XIX

Resumo

Este artigo analisa as controvérsias surgidas entre representantes da Igreja católica e vereadores municipais de Santa Maria, interior do Rio Grande do Sul, pela decisão em demolir ou não uma igreja matriz. De um lado, estavam o padre local e o bispo empenhados na preservação do prédio católico; do outro, vereadores buscando o aval do governo provincial e da própria Igreja para demolir o templo, argumentando que seu “aspecto miserável” era vergonhoso para a cidade moderna que se queria construir. Para refletir a respeito dessa desavença, sucedida entre 1884 e 1888, é preciso, primeiro, analisar o que levou a matriz a chegar ao seu aspecto ruinoso. Para isso, iremos utilizar as correspondências trocadas entre a Câmara Municipal de Vereadores de Santa Maria e o governo provincial. Em um segundo momento deste artigo, se fará necessário explicar os significados daquela igreja e as ideias que estavam por trás da tentativa de derrubá-la. Acreditamos que a expectativa da chegada da ferrovia à cidade fez com que os vereadores tomassem atitudes controversas, gerando tensão com os representantes da Igreja católica e do governo provincial. Como contexto geral, temos as relações entre religião, política e modernidade na segunda metade do século XIX, revelando conflitos entre Igreja e Estado no final do Império e início da República.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Biografia do Autor

Alexandre Karsburg, Universidade Federal do Rio de Janeiro (Instituto de História, PPGH, UFRJ), no Rio de Janeiro, RJ, Brasil.

Doutor em História Social pela Universidade Federal do Rio de Janeiro (Instituto de História, PPGH, UFRJ), no Rio de Janeiro, RJ, Brasil.

Referências

ABREU, Martha. O Império do Divino: Festas religiosas e cultura popular no Rio de Janeiro (1830-1900). Rio de Janeiro: Editora Nova Fronteira; São Paulo: Fapesp, 1999.

ATAS da Câmara Municipal. Anos de 1888 a 1892, livro 4, p. 34 verso. Arquivo da Câmara Municipal de Santa Maria – ACMSM.

ATAS da Câmara Municipal. Anos de 1882 a 1886, livro 3, p. 63 e 80. Arquivo da Câmara Municipal de Santa Maria – ACMSM.

AVÉ-LALLEMENT, Robert. Viagem pela Província do Rio Grande do Sul (1858). Belo Horizonte: Itatiaia, 1980.

AZEVEDO, Antônio Carlos do Amaral. Dicionário de nomes, termos e conceitos históricos. 3. ed. Rio de Janeiro: Editora Nova Fronteira, 1999.

AZZI, Riolando. Catolicismo popular e autoridade eclesiástica na evolução histórica do Brasil. Religião e Sociedade, Rio de Janeiro, n. 1, p. 125149, maio, 1977.

AZZI, Riolando. O Altar unido ao Trono: um projeto conservador. Petrópolis: Editora Vozes, 1994.

BELÉM, João. História do município de Santa Maria – 1797-1933. Porto Alegre: Selbach, 1933.

BELTRÃO, Romeu. Cronologia histórica de Santa Maria e do extinto município de São Martinho: 1787 – 1930. Santa Maria: Editora Pallotti, 1958.

BERMANN, Marshall. Tudo o que é sólido desmancha no ar: a aventura da modernidade. São Paulo: Companhia das Letras, 1986.

BIASOLI, Vitor Otávio F. O Catolicismo ultramontano e a conquista de Santa Maria da Boca do Monte (Rio Grande do Sul - 1870/1920). Santa Maria: Editora da UFSM, 2010

BITTENCOURT, Marcelino de Souza [Correspondência]. Destinatário: Bispo dom Sebastião Dias Laranjeira, Santa Maria, 15 mar. 1885. Pasta da Paróquia Nossa Senhora da Conceição, Santa Maria. Documentos avulsos. Arquivo Histórico da Cúria Metropolitana de Porto Alegre – AHCMPA.

BITTENCOURT, Marcelino de Souza [Requerimento]. Destinatário: Presidente da Província, Santa Maria, 18 maio 1887. Fundo Requerimento. Maço 249. Ano 1887. Arquivo Histórico do Rio Grande do Sul – AHRS.

BOEIRA, Nelson. O Rio Grande de Augusto Comte. In: DACANAL, José Hildebrando (org.). RS: cultura e ideologia. 2. ed. Porto Alegre: Mercado Aberto, 1996.

BOEHRER, George C. A. A Igreja no Segundo Reinado: 1840-1889. In: KEITH, Henry H.; EDWARDS, S. F. (org.). Conflito e continuidade na sociedade brasileira. Rio de Janeiro: Civilização brasileira, 1970.

BOSCHI, Caio César. Os leigos e o poder: Irmandades leigas e política colonizadora em Minas Gerais. São Paulo: Ática, 1986.

BURKE, Peter (org.). A escrita da história: novas perspectivas. São Paulo: UNESP, 1992.

CÂMARA MUNICIPAL de Vereadores de Santa Maria [Ofício]. Destinatário: José Maria Gonçalves Chagas, juiz Provedor de Capelas de Santa Maria, Santa Maria. Atas da Câmara Municipal. Anos de 1888 a 1892, livro 4, p. 34 verso. Arquivo da Câmara Municipal de Santa Maria – ACMSM.

CÂMARA MUNICIPAL de Vereadores de Santa Maria [Relatório]. Destinatário: Assembleia Provincial do Rio Grande do Sul, Santa Maria, 1885.

CAMBOIM FILHO, Francisco José Ferreira [Ofício] Destinatário: Vice-presidente da Província, Santa Maria, 5 set. 1887. Pasta da Paróquia Nossa Senhora da Conceição, Santa Maria. Documentos avulsos. Arquivo Histórico da Cúria Metropolitana de Porto Alegre – AHCMPA.

CARVALHO, José Murilo de. A construção da ordem: a elite política imperial; Teatro das Sombras: a política imperial. 2. ed. Rio de Janeiro: Editora UFRJ, Relume-Dumará, 1996.

CARVALHO, José Murilo de. Pontos e bordados: escritos de história e política. Belo Horizonte: Editora UFMG, 1999.

CATALANO, Aquiles Parrela [Correspondência]. Destinatário: Bispo dom Sebastião Dias Laranjeira, Santa Maria, 11 maio 1887. Pasta da Paróquia Nossa Senhora da Conceição, Santa Maria. Documentos avulsos. Arquivo Histórico da Cúria Metropolitana de Porto Alegre – AHCMPA.

CATALANO, Aquiles Parrela [Correspondência]. Destinatário: Câmara Municipal de Santa Maria, Santa Maria, 5 set. 1887. Pasta da Paróquia Nossa Senhora da Conceição, Santa Maria. Documentos avulsos. Arquivo Histórico da Cúria Metropolitana de Porto Alegre – AHCMPA.

CHAGAS, José Maria Gonçalves, juiz Provedor de Capelas da cidade de Santa Maria da Boca do Monte [Ofício]. Destinatário: João Daudt Filho, Santa Maria, 20 nov. 1888. Testamentos. Santa Maria. Ano 1888. Maço 3, n. 143. Arquivo Público do Estado do Rio Grande do Sul, Porto Alegre – APERS.

COELHO DO VALE, Antônio Gomes [Ofício]. Destinatário: Governo Provincial, Santa Maria, 22 mar. 1856. Fundo Assuntos Religiosos, Maço 22, Caixa 11. Arquivo Histórico do Rio Grande do Sul – AHRS.

CÓDICE A-5.101, 23 de abril de 1853. Arquivo Histórico do Rio Grande do Sul – AHRS.

COLUSSI, Eliane Lucia. A maçonaria gaúcha no século XIX. 3. ed. Passo Fundo: Editora da UPF, 2003.

DAUDT FILHO, João. Memórias. 4. ed. In: SANTOS, Pedro Brum (org.). Memórias. Santa Maria: Editora da UFSM, 2003.

DESENHO em bico de pena da antiga igreja matriz de Santa Maria, 1884(?). Reprodução do acervo de imagens do Arquivo Histórico Municipal de Santa Maria – AHMSM.

DOCUMENTOS diversos nos Fundos: Assuntos Religiosos e Correspondências das Câmaras Municipais. Arquivo Histórico do Rio Grande do Sul – AHRS.

DOMINGUES, José Maurício. Interpretando a modernidade: imaginários e instituições. Rio de Janeiro: Editora FGV, 2002.

DUPAS, Gilberto. O mito do progresso; ou progresso como ideologia. São Paulo: UNESP, 2006.

FLORES, Ana Paula Marquesini. Descanse em paz: testamentos e cemitério extramuros na Santa Maria de 1850 a 1900. Dissertação (Mestrado em História) - Pontifícia Universidade Católica do Rio Grande do Sul, Porto Alegre, 2006.

FLORES, Moacyr. 1893: Mudanças político-sociais. In: FLORES, Moacyr. 1893-95: A Revolução dos Maragatos. Porto Alegre: EDIPUCRS, 1993.

FORTES, João Borges. Santa Maria da Boca do Monte, Cidade e Município. In: AZAMBUJA, Graciano A. de. Anuário Rio-Grandense. Porto Alegre: Krahe & Cia, 1902. p. 155-162. (Biblioteca do Arquivo Histórico do Rio Grande do Sul)

FOTOGRAFIA da Av. Rio Branco, com nova igreja matriz católica e praça, 1924. Arquivo Histórico Municipal de Santa Maria – AHMSM.

GOODWIN JR, James Willian. A modernidade como projeto conservador: a atuação da Câmara municipal de Juiz de Fora. 1850-1888. LOCUS: Revista de História, Juiz de Fora, v. 3, n. 1, 1997.

GOVERNO PROVINCIAL [Ofício]. Destinatário: Câmara Municipal de Santa Maria, Porto Alegre, 17 dez. 1887. Pasta da Paróquia Nossa Senhora da Conceição, Santa Maria. Documentos avulsos. Arquivo Histórico da Cúria Metropolitana de Porto Alegre – AHCMPA.

HASTENTEUFEL, Zeno. Dom Feliciano na Igreja do Rio Grande do Sul. Porto Alegre: Editora Acadêmica, 1987.

HEINZ, Flávio M. (org.). Por outra história das elites. Rio de Janeiro: Editora da FGV, 2006.

HOORNAERT, Eduardo. Formação do catolicismo brasileiro 1550-1800. Ensaio de interpretação a partir dos oprimidos. Petrópolis, RJ: Editora Vozes, 1974.

ISAIA, Artur Cesar. Catolicismo e autoritarismo no Rio Grande do Sul. Porto Alegre: EDIPUCRS, 1998.

KARSBURG, Alexandre de Oliveira; VENDRAME, Maíra Ines. Anglicanos, palotinos e a cultura política de Santa Maria (1883-1915). Sociais e Humanas: Revista do Centro de Ciências Sociais e Humanas, Santa Maria, v. 18, n. 2, jul. /dez. 2005.

KARSBURG, Alexandre de Oliveira. Sobre as ruínas da velha matriz: religião e política em tempos de ferrovia. Santa Maria: Editora da UFSM, 2007.

MARCHIORI, José Newton Cardoso; NOAL FILHO, Valter Antônio (org.). Santa Maria: relatos e impressões de viagem. 2. ed. Santa Maria: Editora da UFSM, 2007.

MARX, Murillo. Cidade Brasileira. São Paulo: Melhoramentos/EDUSP, 1980.

MATTOS, Maria de Fátima da Silva Costa Garcia. O sentido da modernidade no imaginário do século XIX, 2016. Disponível em: https://dobras.emnuvens.com.br/dobras/article/download/291/288. Acesso em: 26 nov. 2017.

MESA DA IRMANDADE de Nossa Senhora da Conceição e do Santíssimo Sacramento [Ofício]. Destinatário: Governo Provincial, Santa Maria, 10 ago. 1850. Fundo Assuntos Religiosos, Maço 14, Caixa 7, Irmandade de Nossa Senhora da Conceição e do Santíssimo Sacramento, Santa Maria. Arquivo Histórico do Rio Grande do Sul – AHRS.

MESA DA IRMANDADE de Nossa Senhora da Conceição e do Santíssimo Sacramento [Ofício]. Destinatário: Governo Provincial, Santa Maria, 26 maio 1854. Fundo Assuntos Religiosos, Maço 4, Caixa 7, Irmandade de Nossa Senhora da Conceição e do Santíssimo Sacramento, Santa Maria. Arquivo Histórico do Rio Grande do Sul – AHRS. NASCIMENTO, Dorval do. Ecos da modernidade: ferrovia e cidade no sul de Santa Catarina. LOCUS: Revista de História, Juiz de Fora, v. 9, n. 2, 2003.

OLIVEIRA BELLO, Luiz Alves de. Vice-presidente da Província do RS [Relatório]. Destinatário: Assembleia Provincial do Rio Grande do Sul, Porto Alegre, 18 ago. 1855.

PESAVENTO, Sandra Jatahy. O imaginário da cidade: visões literárias do urbano – Paris, Rio de Janeiro, Porto Alegre. Porto Alegre: Editora da Universidade/UFRGS, 1999.

PICCOLO, Helga Iracema Landgraf. A Vida política no século 19: da descolonização ao movimento republicano. Porto Alegre: Ed. da Universidade/UFRGS, 1991.

PICCOLO, Helga Iracema Landgraf. Religião e participação política. In: RAMBO, Arthur Blásio; FÉLIX, Loiva Otero (org.). A Revolução Federalista e os teuto-brasileiros. São Leopoldo: Ed. Unisinos; Porto Alegre: Editora da UFRGS, 1995.

PINHEIRO, Vicente Ferreira da Costa [Ofício]. Destinatário: Presidente da Província do Rio Grande do Sul, Joaquim Galdino Pimentel, Porto Alegre, 2 jan. 1889. Livro de registro de ofícios expedidos do bispado do Rio Grande do Sul, 27 de outubro de 1887 a 19 de junho de 1897, p. 46 e 46 verso. Arquivo Histórico da Cúria Metropolitana de Porto Alegre – AHCMPA.

PORTO, Júlio Gomes; NIEDERAUER, Frederico Guilherme; QUEIROZ, Basílio de; KREBS SOBRINHO, Frederico;

KRUEL, José Carlos; ROTH, Jacob (vereadores) [Correspondência]. Destinatário: Bispo Dom Sebastião Dias Laranjeira, Santa Maria, 15 jan. 1885. Pasta da Paróquia Nossa Senhora da Conceição, Santa Maria. Documentos avulsos. Arquivo Histórico da Cúria Metropolitana de Porto Alegre – AHCMPA.

QUEIRÓS, Basílio Francisco e HAEFFNER, Frederico [Relatório]. Destinatário: Câmara Municipal de Santa Maria, Santa Maria, 20 jun. 1884. Fundo Câmara Municipal. Livro documentos 1868 a 1889, n. 1. Documento 150. Arquivo da Câmara Municipal de Santa Maria – ACMSM.

RADÜNZ, Roberto. A terra da liberdade: o luteranismo gaúcho do século XIX. Caxias do Sul; Santa Cruz do Sul: EDUCS, EDUNISC, 2008.

RANGEL, Carlos Roberto da Rosa et al. O papel da ferrovia na mentalidade urbana de Santa Maria. Revista Vidya, Santa Maria, v. 1, n. 1, nov. 1996.

RECIBO de pagamento da Câmara Municipal de Santa Maria a João Daudt Filho (pelo arremate das pedras da antiga igreja matriz), Testamentos, Santa Maria, 20 dez. 1888, ano 1888, Março 3, n. 143. Arquivo Público do Estado do Rio Grande do Sul, Porto Alegre – APERS.

REVEL, Jacques. Microanálise e construção do social. In: REVEL, Jacques (org.). Jogos de escalas: a experiência da microanálise. Rio de Janeiro: Editora Fundação Getúlio Vargas, 1998.

RODRIGUES, Cláudia. Nas fronteiras do além: a secularização da morte no Rio de Janeiro (séculos XVIII e XIX). Rio de Janeiro: Arquivo Nacional, 2005.

RUBERT, Arlindo. A Diocese de Santa Maria. Santa Maria: Editora Pallotti, 1957.

SAINT-HILAIRE, Auguste de. Viagem ao Rio Grande do Sul. Belo Horizonte/São Paulo: Itatiaia/EDUSP, 1974.

SCHILLING, Getúlio. A arte fotográfica e o teatro em Santa Maria. Santa Maria: Editora Pallotti, 2005.

SCHILLING, Getúlio. Texto inédito datilografado com fotografias de Santa Maria, 1943. Arquivo Casa de Memória Edmundo Cardoso, Santa Maria.

SILVEIRA, Hemetério José Velloso da. As Missões Orientais e seus antigos domínios. Porto Alegre: ERUS, 1979.

SINIMBÚ, João Lins Cansanção de. Presidente da Província do RS [Relatório]. Destinatário: Assembleia Provincial do Rio Grande do Sul, Porto Alegre, 1853.

VÉSCIO, Luiz Eugênio. O crime do padre Sório: Maçonaria e Igreja Católica no Rio Grande do Sul (1893-1928). Santa Maria: Editora UFSM; Porto Alegre: Editora da UFRGS, 2001.

VENDRAME, Maíra Ines. Lá éramos servos, aqui somos senhores: a organização dos imigrantes italianos na ex-Colônia Silveira Martins (1877-1914). Santa Maria: Editora da UFSM, 2007.

VENTURINI, Suellen; CERETTA, Thays. Lições de fé e devoção na Romaria da Medianeira. Jornal Diário de Santa Maria, Santa Maria, 13 nov. 2017. Disponível em: http://diariodesantamaria.clicrbs.com.br/rs/geral-policia/noticia/2017/11/licoes-de-fe-e-devocao-na-romaria-da-medianeira-9993719.html. Acesso em: 21 nov. 2017.

ZAMBON, Antônio Lídio de Mattos. As transformações urbanísticas de Santa Maria na passagem para o século XX. Revista Vidya, Santa Maria, v. 14, n. 24, jul./dez. 1995.

Publicado
2020-12-16
Como Citar
Karsburg, A. (2020). Ícone de um passado a ser esquecido: A demolição de uma igreja católica no contexto de decadência do Estado Imperial brasileiro. Estudos Ibero-Americanos, 46(3), e33033. https://doi.org/10.15448/1980-864X.2020.3.33033
Seção
Seção Livre