Mapa mental

Uma ferramenta auxiliar no ensino e aprendizagem da gramática de português língua estrangeira por aprendentes chineses

Palavras-chave: mapa mental, PLE, cognição, aprendizagem significativa

Resumo

O presente trabalho tem como objetivo geral investigar a potencialidade do uso do mapa mental no ensino e aprendizagem da gramática de Português Língua Estrangeira (PLE) por aprendentes chineses. Criado e sistematizado pelo psicólogo inglês Tony Buzan, mapa mental é amplamente utilizado em áreas diversificadas, sobretudo no campo de educação. À luz da teoria cognitiva, descobrimos que esta estratégia, compatível com a cognição humana, poderá contribuir, não só para o esclarecimento e sistematização do conhecimento, mas também para a conexão dos conceitos novos com os prévios, promovendo, por conseguinte, a aprendizagem significativa. Através da análise de dois estudos de caso, acreditamos que o mapa mental, como um recurso complementar, deve ser mais usado e aprofundado, em articulação com outros métodos, num contexto maior.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Biografia do Autor

Chun Hui Lu, Universidade de Macau (UM), Macau, China.

Mestre em Estudos de Tradução e doutorando em Literatura e Estudos Interculturais pela Universidade de Macau (UM). Atualmente atua como professor de português no Departamento de Português da UM. Interessa-se por Pedagogia, Estudos de Tradução (Chinês-Português) e Estudos Interculturais.

Referências

BARBOSA, Cláudia et al. Utilização do Instagram no ensino e aprendizagem de português língua estrangeira por alunos chineses na Universidade de Aveiro. Revista Latinoamericana de Tecnología Educativa, v. 16, n. 1, p. 21–33, 2017. Disponível em: https://doi.org/10.17398/1695-288x.16.1.21

BASTOS, Antonio. Mapas Cognitivos e a Pesquisa Organizacional: Explorando Aspectos Metodológicos. Estudos de Psicologia, n. 7, p. 65–77, 2002.

BROWN, H. Douglas. Principles of Language Learning and Teaching. New York: Pearson Education, 2007.

BURAN, Anna; FILYUKOV, Andrey. Mind Mapping Technique in Language Learning. In: Procedia - Social and Behavioral Sciences, p. 215–218, 2015.

BUZAN, Tony; BUZAN, Barry. The Mind Map Book: unlock your creativity, boost your memory, change your life. Harlow, Essex: Pearson BBC Active, 2010.

CAMARA, Luciana Azevedo. Percorrendo Espaços de Aprendizagem com Mapas Mentais: dois casos de aprendizes de inglês como língua estrangeira. Dissertação de conclusão de curso de mestrado - Pontifícia Uniersidade Católica do Rio de Janeiro, 2012.

CARVALHO, Gilson Amorim. Mapas Conceituais: Uma Análise do Uso em Programas de Pós-graduação Stricto Sensu. Dissertação de conclusão de curso de mestrado - Universidade Federal da Bahia e Universidade Estatual de Feira de Santana, 2006.

CHEN, Min. 思维导图及其在英语教学中的应用 [Organizador gráfico e sua aplicação na sala de aula EFL]. China Electric Power Education, n. 101, p. 36–41, 2005.

Dicionário da Língua Portuguesa. Porto: Porto Editora, 2011.

ESCALEIRA, Maria de Lurdes Nogueira. Língua Portuguesa na Região Administrativa Especial de Macau: Políticas e Programas do Ensino do Português como Língua Estrangeira. Lingvarvm Arena, v. 8, p. 49–68, 2017.

GONÇALVES, Liliana Maria do Vale Cerqueira Faria. A Formação da Interlíngua dos Aprendentes Chineses: Aprendizagem do Uso do Pretérito Imperfeito Versus Pretérito Perfeito Simples do Indicativo. Dissertação de conclusão de curso de mestrado - Universidade do Porto, 2011.

JIA, Hong; SUI, Xiao Bing. 思维导图应用于我国外语教学研究综述分析 [Uma Análise da Aplicação de Mapas Mentais na Pesquisa de Ensino de Línguas Estrangeiras na China]. China Electric Power Education, n. 3, p. 189–191, 2014.

LU, Chun Hui. Um Estudo sobre a Situação Atual de Ensino dos Jovens Professores de Português na China. In: Cláudia Pazos Alonso et al. (Org.). De Oriente a Ocidente: Estudos da Associação Internacional de Lusitanistas - Volume V Estudos da AIL sobre Ciências da Linguagem (Língua, Linguística, Didática). Coimbra: Angelus Novus, 2019. p. 211–230. Disponível em: https://lusitanistasail.press/index.php/ailpress/catalog/view/168/60/739-1

MARQUES, António Manuel de Miranda. Utilização Pedagógica de Mapas Mentais e de Mapas Conceptuais. Dissertação de conclusão de curso de mestrado - Universidade Aberta, Lisboa, 2008.

MOREIRA, Marco Antonio. O que é afinal aprendizagem significativa? Qurriculum, n. 25, p. 29–56, 2012. Disponível em: http://hdl.handle.net/10183/96956%0Ahttp://hdl.handle.net/10183/96956

NOVAK, Joseph D.; GOWIN, D. Bob. Learning How to Learn. Cambridge: Cambridge University Press, 1984.

ORTEGA, Lourdes. Understanding Second Language Acquisition. Abingdon: Routledge, 2008.

PINTO, Jorge. O ensino/aprendizagem da gramática do Português como L2 – um estudo de caso. RevPLE – Revista eletrónica de Português Língua Estrangeira, Português Língua Segunda e Português Língua Não Materna, Associação de Professores de Português (APP), n. 2, p. 1–8, 2011.

PIRES, Luís Tiago Alves. O E-learning como Instrumento de Expansão do Ensino do Português Língua Estrangeira na China. Dissertação de conclusão de curso de mestrado – Uniersidade Aberta, Lisboa, 2014. Disponível em: https://doi.org/http://hdl.handle.net/10400.2/3756

WILLE, Marina Ferreira de Castro. O Uso do Mapa Mental como um Facilitador para a Criação de Conhecimento. Dissertação de conclusão de curso de mestrado - Universidade Federal do Paraná, 2010.

XU, Yi Xing. Ensino da Gramática aos Aprendentes Chineses de Português Língua Estrangeira Enquadrado na Linguística do Texto. In: GROSSO, Maria José; ZHANG, Jing (org.). A Promoção do Português em Macau e no Interior da China. Macau e Lisboa: Universidade de Macau e Lidel, 2018. p. 146–171.

YUAN, Shu Han. Ensino da Língua Portuguesa na China: Uma Análise de Alguns Planos Curriculares. Dissertação de conclusão de curso de mestrado - Universidade de Lisboa, 2014. Disponível em: https://doi.org/10.1080/14768320500230185

ZHANG, Jing. Aquisição dos artigos em português por aprendentes chineses. Dissertação de conclusão de curso de doutoramento - University of Macau, 2015.

ZHANG, Hai Sen. 2001-2010年中外思维导图教育应用研究综述 [Revisão de Literatura em Chinês e Inglês sobre a Aplicação de Mapas Mentais na Educação entre 2001 e 2010]. China Electric Power Education, n. 8, p. 120–124, 2011.

ZHAO, Guo Qing; LU, Zhi Jian. “概念图”与“思维导图”辨析 [Distinção entre Mapa Conceitual e Mapa Mental]. China Electric Power Education, n. 8, p. 42–45, 2004.

Publicado
2020-12-31
Como Citar
Lu, C. H. (2020). Mapa mental: Uma ferramenta auxiliar no ensino e aprendizagem da gramática de português língua estrangeira por aprendentes chineses. Letras De Hoje, 55(4), e38623. https://doi.org/10.15448/1984-7726.2020.4.38623
Seção
PORTUGUÊS COMO LÍNGUA ADICIONAL: LINGUÍSTICA E TRADUÇÃO