Programa de auxílio para alimentação de adultos hospitalizados: estudo quase-experimental

  • Denise Müller Garateguy Centro Universitário La Salle-Unilasalle/Canoas
  • Jáder da Cruz Cardoso Centro Universitário Lasalle-Unilasalle/Canoas
  • Michelli Cristina Silva de Assis Centro Universitário Lasalle-Unilasalle/Canoas.
Palavras-chave: desnutrição, ingestão de alimentos, jejum, terapia nutricional, adulto.

Resumo

Objetivo: Avaliar a efetividade de um programa de auxílio para alimentação de pacientes hospitalizados.
Materiais e Métodos: Estudo quase-experimental realizado com adultos de um hospital de médio porte. Avaliaram-se os percentuais de ingestão do desjejum, colação e almoço entre dois grupos: auxílio para alimentação de voluntário e sem auxílio para alimentação. Considerado como 100% o paciente que ingeriu tudo, 75% ingeriu ¾, 50% ingeriu metade, 25% ingeriu ¼ e 0% não ingeriu nada. O estado nutricional foi aferido pelo índice de massa corporal (IMC) e percentual de perda de peso, além da aferição da circunferência do braço e panturrilha na inclusão e a cada sete dias. Estudo aprovado pelo comitê de ética do Unilasalle/Canoas.
Resultados: Foram incluídos 90 indivíduos, 45 alocados em cada grupo. 46,7% eram do sexo masculino com média de idade de 67,5±15,7 anos. Ao término do estudo houve maior número de pacientes desnutridos entre o grupo sem auxílio (p=0,03). No décimo quarto dia de acompanhamento, o grupo com auxílio de voluntários ingeriu 67% versus 55% no grupo sem auxílio (p=0,014). Os motivos que levaram os pacientes ao jejum foram não aceitar a refeição oferecida (61,1%) e jejum terapêutico (29%).
Conclusão: O programa de auxílio para alimentação demonstrou aumento quantitativo no percentual de ingestão alimentar no sétimo dia, porém com significância estatística, no décimo quarto dia de acompanhamento.

Biografia do Autor

Denise Müller Garateguy, Centro Universitário La Salle-Unilasalle/Canoas
Nutricionista. Mestre em Saúde e Desenvolvimento (Centro Universitário Lasalle-Unilasalle/Canoas)
Jáder da Cruz Cardoso, Centro Universitário Lasalle-Unilasalle/Canoas

Biólogo. Doutor em Ciências/Saúde Pública (Faculdade de Saúde Pública/USP). Professor do Mestrado em Saúde e Desenvolvimento Humano do Centro Universitário La Salle-Unilasalle/Canoas. 

Michelli Cristina Silva de Assis, Centro Universitário Lasalle-Unilasalle/Canoas.
Enfermeira. Doutora em Medicina: Ciências Médicas (UFRGS). Professora do curso de Enfermagem e do Mestrado em Saúde e Desenvolvimento Humano (Centro Universitário Lasalle-Unilasalle/Canoas).

Referências

Waitzberg DL, Caiaffa WT, Correia MITD. Inquérito Brasileiro de Avaliação Nutricional Hospitalar (Ibranutri). Rev Bras Nutr Clín.1999;14(2):124-34.

Malafaia G. A desnutrição protéico-calórica como agravante da saúde de pacientes hospitalizados. Arq Bras Ciên Saúde. 2009;34(2):101-7.

Lamb CA, Parr J, Lamb EI, Warren MD. Adult malnutrition screening, prevalence and management in a United Kingdom hospital: cross-sectional study. Br J Nutr. 2009;102(4):571-5. https://doi. org/10.1017/S0007114509236038

Dupertuis YM, Kossovsky MP, Kyle UG, Raguso CA, Genton L, Pichard C. Food intake in 1707 hospitalised patients: a prospective comprehensive hospital survey. Clin Nutr. 2003;22(2):115-23. http://dx.doi.org/10.1054/clnu.2002.0623

Phillipi ST, Aquino RC. Identificação de fatores de risco de desnutrição em pacientes internados. Rev Assoc Med Bras. 2011;57(6):637-43. http://dx.doi.org/10.1590/S0104-42302011000600009

Agarwal E, Ferguson M, Banks M, Bauer J, Capra S, Isenring E. Nutritional status and dietary intake of acute care patients: results from the nutrition care Day survey 2010. Clin Nutr. 2012;31(1):41-7. http://dx.doi.org/10.1016/j.clnu.2011.08.002

São Paulo. Secretaria de Estado da Saúde. Centro de Vigilância Sanitária. Portaria CVS-6/99, de 10 de março de 1999 [Internet]: regulamento técnico que estabelece os parâmetros e critérios para o controle higiênico-sanitário em estabelecimentos de alimentos. 1999 [capturado 2014 Mar 5]. Disponível em: http://www.cvs.saude.sp.gov.br/zip/E_PT-CVS-06_100399.pdf

Ferreira D, Guimarães TG, Marcadenti A. Aceitação de dietas hospitalares e estado nutricional entre pacientes com câncer. Einstein (São Paulo). 2013;11(1):41-6.

Sousa AA, Gloria MS, Cardoso TS. Aceitação de dietas em ambiente hospitalar. Rev Nutr. 2011;24(2):287-94. 10. Sass A, Marcon SS. Dependência para alimentar-se e consumo alimentar em idosos hospitalizados. Rev Bras Enferm. 2012; 65(6):955-61.

Azambuja FB, Beghetto MG, Assis MC, Mello ED. Food intake reported versus nursing records: is there agreement in surgical patients? Nutr Hosp. 2015;31(6):2735-9. http://dx.doi.org/10.3305/nh.2015.31.6.8691

Smith MD, McCall J, Plank L, Herbison GP, Soop M, Nygren J. Preoperative carbohydrate treatment for enhancing recovery after elective surgery. Cochrane Database Syst Rev. 2014 Aug 14;(8):CD009161. https://doi.org/10.1002/14651858.cd009161.pub2

Blackburn GL, Bistrian BR, Maini BS, Schlamm HT, Smith MF. Nutritional and metabolic assessment of the hospitalized patient. JPEN J Parenter Enteral Nutr. 1977;1(1):11-22. https://doi.org/10.1177/014860717700100101

Frisancho AR. Anthropometric standards for the assessment of growth and nutritional status. Ann Arbor: The University of Michigan Press; 1990.

Chumlea WC, Roche AF, Mukherjee D. Nutritional assessment of the elderly through anthropometry. Columbus, Ohio: Ross Laboratories;

Campanella LCA, Farias MB, Breitkopf T, Almeida CB, Mendes L, Fenilli M, Silva AA. Relação entre padrão alimentar e estado nutricional de idosos hospitalizados. Rev Bras Nutr Clin. 2007; 22(2):100-6.

Merhi VAL, Azank AT, Correa B, Fogaça KP, Oliveira MRM. Acompanhamento dietoterápico durante a internação em pacientes hospitalizados. Cad Saúde Coletiva. 2008;16(4):803-14.

Thibault R, Chikhi M, Clerc A, Darmon P, Chopard P, Genton L, Kossvsky MP, Pichard C. Assessment of food intake in hospitalized patients: A 10-year comparative study of a prospective hospital survey. Clin Nutr. 2011;30(3):289-96. http://dx.doi.org/10.1016/j.clnu.2010.10.002

Santos VA, Abreu SM. Impacto da desnutrição no paciente adulto hospitalizado. Rev Enferm UNISA. 2005;699-103.20. Bauer J, Bannister M, Crowhurst R, Denmeade SL, Horsley P, McDonald C, Martineau J, Willer F, Ash S. Nutritionday: An Australian hospital’s participation in international benchmarking on malnutrition. Nutr Diet. 2011;68(2):134-9. http://dx.doi.org/10.1111/j.1747-0080.2011.01513.x

Rüfenacht U, Rühlin M, Wegmann M, Imoberdorf R, Ballmer PE. Nutritional counseling improves quality of life and nutrient intake in hospitalized undernourished patients. Nutrition. 2010;26(1):53-60. http://dx.doi.org/10.1016/j.nut.2009.04.018

Fisberg MR, Marchioni DML, Colucci ACA. Avaliação do consumo alimentar e da ingestão de nutrientes na prática clínica. Arq Bras Endocrinol Metab. 2009;53(5):617-24.

Brunello MEF, Ponce MAS, Assis EG, Andrade RLP, Scatena LM, Palha PF, Villa TCS. O vínculo na atenção à saúde: revisão sistematizada na literatura, Brasil (1998-2007). Acta Paul Enferm. 2010;23(1):131-5.

Assis MC, Silveira CRM, Beghetto MG, Mello ED. Decreased calorie and protein intake is a risk factor for infection and prolonged lenght of stay in surgical patients: a prospective cohort study. Rev Nutr. 2016;29(3):307-16. http://dx.doi.org/10.1590/1678-98652016000300001

Detsky AS, McLaunghlin JR, Baker JP, Johnston N, Whitaker S, Mendelson RA, Jeejeebhoy KN. What is subjective global assessment of nutritional status? JPEN J Parenter Enteral Nutr. 1987;11(1):8-13.https://doi.org/10.1177/014860718701100108

Maicá AO, Schweigert ID. Avaliação nutricional em pacientes graves. Rev Bras Ter Intensiva. 2008;20(3):286-95.

Associação Brasileira de Nutrição Parenteral e Enteral; Associação Brasileira de Nutrologia. Projeto Diretrizes [Internet]: triagem e avaliação do estado nutricional. 2011 [capturado 2014 Nov 10]. Disponível em: http://www.projetodiretrizes.org.br/9_volume/triagem_e_avaliacao_do_estado_nutricional.pdf

Beghetto MG, Manna B, Gandal A, Mello ED, Polanczyk CA. Triagem nutricional em adultos hospitalizados. Rev Nutr. 2008;21(5): 589-601. http://dx.doi.org/10.1590/S1415-52732008000500011

Publicado
2017-07-27
Seção
Artigos Originais