A estigmatização do gênero feminino em A hora da estrela: uma reflexão criminológica acerca da violência contra a mulher

  • Carlo Velho Masi PUCRS
  • Gabriela Cruz Amato PUCRS
Palavras-chave: Direito, literatura, criminologia, sociologia jurídica, violência contra a mulher, interdisciplinaridade.

Resumo

A presente análise trata das relações entre os gêneros e da histórica inferiorização da mulher a partir da obra literária “A Hora da Estrela”, de Clarice Lispector, demonstrando o forte vínculo entre a literatura e o direito. Por meio das situações vivenciadas no plano fictício pela personagem Macabéa, ergue-se um debate cujo foco central é a análise do ser e das circunstâncias em que vive, ensejando mobilizações para conquista de transformações sociais constantemente em processo evolutivo. Num esforço de interdisciplinaridade entre Sociologia Jurídica e Criminologia, apresenta-se uma análise feminista do direito (Feminist Legal Theory) que contrata com uma cultura patriarcal em um sistema dualista de pensamento, expondo a problemática da eficácia das normas sociais. Assim, busca-se disseminar a conscientização e mobilização coletiva em prol da consolidação de direitos equiparativos.

Biografia do Autor

Carlo Velho Masi, PUCRS
Aditor gerente
Gabriela Cruz Amato, PUCRS
Acadêmica do Curso de Bacharelado em Ciências Jurídicas e Sociais da PUCRS.
Seção
Artigos