Resenha: Pragmatismo, teoria crítica e educação

  • Eldon Henrique Mühl UPF
Palavras-chave: Educação, filosofia da educação, teorias da educação

Resumo

DALBOSCO, Cláudio Almir. Pragmatismo, teoria crítica e educação. Campinas: Autores Associados, 2010. 261 p. A obra compõe-se de ensaios em que o tema central é a educação tomada como uma questão filosófica fundamental. Para o autor, a educação como problema de preocupação filosófica deve anteceder toda e qualquer preocupação com programas ou disciplinas. Partindo de uma crítica contundente à visão autoritária das teorias filosóficas e educacionais de cunho metafísico e tendo por referência algumas contribuições importantes do pragmatismo e da teoria crítica, Dalbosco propõe um trabalho teórico e crítico sobre a prática pedagógica e seus pressupostos como condição para o desenvolvimento de uma educação crítica e transformadora. Buscando sustentação em teóricos como Rousseau, Kant, Mead, Dewey, Adorno e Habermas, o autor articula as imbricações que existem entre teorias pedagógicas, teorias filosóficas e práticas de ensino. Em síntese, a tese que perpassa toda obra é que a pedagogia, para ser emancipadora, não pode deixar de ser um exercício filosófico.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Biografia do Autor

Eldon Henrique Mühl, UPF
Doutor em Educação, professor da Faculdade de Educaçao da Universidade de Passo Fundo.
Publicado
2011-07-24
Como Citar
Mühl, E. H. (2011). Resenha: Pragmatismo, teoria crítica e educação. Educação, 34(3). Recuperado de https://revistaseletronicas.pucrs.br/index.php/faced/article/view/7836