Processos de autorreflexão sobre a prática docente no contexto do ensino superior

Palavras-chave: docência no ensino superior, autorreflexão, revisão integrativa

Resumo

É apresentada neste artigo uma revisão integrativa que investigou o que as pesquisas brasileiras têm apontado sobre os processos de autorreflexão que os professores do ensino superior realizam sobre sua prática. Na Biblioteca Digital Brasileira de Teses e Dissertações foram encontrados seis trabalhos que atendiam aos critérios de inclusão elencados inicialmente. O estudo permite inferir que os professores que realizam esse tipo de pesquisa são motivados por questões relacionadas à sua atuação inicial como docente do ensino superior, bem como sobre suas inquietações enquanto estudante. Também se observa que alguns dos pesquisadores mudaram suas posturas no contexto de sala de aula. Chega-se à conclusão de que existe uma necessidade de autorreflexão por parte de todos os profissionais que atuam no ensino superior bem como de reflexão sobre a prática docente em todos os níveis de ensino. Contudo, se fazem necessários novos estudos para que seus resultados sejam compartilhados e divulgados.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Biografia do Autor

Ana Paula de Andrade Janz Elias, Pontifícia Universidade Católica do Paraná (PUCPR), Curitiba, PR, Brasil.

Mestre em Ensino de Ciências e Matemática pela Universidade Tecnológica do Paraná (UTFPR), em Curitiba, PR, Brasil. Doutoranda em Educação pela Pontifícia Universidade Católica do Paraná (PUCPR), em Curitiba, PR, Brasil. Professora da Área de Exatas do Centro Universitário Internacional Uninter, em Curitiba, PR, Brasil.

Dilmeire Sant’Anna Ramos Vosgerau, Pontifícia Universidade Católica do Paraná (PUCPR), Curitiba, PR, Brasil.

Doutora em Ciências da Educação com ênfase em Tecnologias Educacionais pela Universidade de Montréal, Canadá. Mestre em Educação pela Pontifícia Universidade Católica do Paraná (PUCPR), em Curitiba, PR, Brasil. Professora e Pesquisadora do Programa de Pós-Graduação em Educação (Mestrado e Doutorado) da Pontifícia Universidade Católica do Paraná (PUCPR), em Curitiba, PR, Brasil.

 
Cassia Messias Pons Ayres, Pontifícia Universidade Católica do Paraná (PUCPR), Curitiba, PR, Brasil.

Mestre em Educação pela Pontifícia Universidade Católica do Paraná (PUCPR), em Curitiba, Brasil. Professora auxiliar do curso de Graduação em Ciências Contábeis na Pontifícia Universidade Católica do Paraná (PUCPR), em Curitiba, PR, Brasil.

Referências

Antunes, D. D., & Plaszewski, H. (2018). O ser professor em contínua construção. Educação, 41(1), 30-40. https://doi.org/10.15448/1981-2582.2018.1.29782

Behrens, M. A. (2011). Docência universitária: formação ou improvisação? Educação, 36(3), 441-453. https://periodicos.ufsm.br/reveducacao/article/view/2976

Biajone, J. (2006). Trabalho de Projetos: possibilidades e desafios na formação estatística do pedagogo [Dissertação de mestrado, Universidade Estadual de Campinas]. https://repositorioslatinoamericanos.uchile.cl/handle/2250/1344338

Borges, C. C., & Gervais, C. (2015). L’analyse des pratiques et l’approche de «l’argumentation pratique»: un dispositif de formation et de transformation. Questions Vives, (24), 1-18. https://doi.org/10.4000/questionsvives.1910

Botelho, L. L. R., Cunha, C. de A., & Macedo, M. (2011). O método da revisão integrativa nos estudos organizacionais. Revista Eletronica Gestão e Sociedade, 5, 121-136. https://www.gestaoesociedade.org/gestaoesociedade/article/view/1220

Cabral, M. P. (2013). A Formação Inicial do Professor de Geografia e Cartografia Escolar: prática reflexivas [Tese de doutorado, Universidade Estadual Paulista]. https://repositorio.unesp.br/handle/11449/104414

Comarú, P. do A. (2010). Relações Intersubjetivas Como Experiências de Formação: revisitando uma trajetória docente da educação superior [Tese de doutorado, Pontifícia Universidade Católica do Rio Grande do Sul]. https://tede2.pucrs.br/tede2/handle/tede/3644#:~:text=A%20partir%20das%20an%C3%A1lises%20empreendidas,contexto%20escolar%20e%20acad%C3%AAmico%20em

Couto, L. P. (2007). Práxis Pedagógica Sócio-Histórica: uma análise da atividade docente [Dissertação de mestrado, Pontifícia Universidade Católica de São Paulo]. https://tede2.pucsp.br/handle/handle/16327

Cunha, M. I. da. (2004). Diferentes olhares sobre as práticas pedagógicas no ensino superior: a docência e sua formação. Educação, 27(54), 525-536. https://revistaseletronicas.pucrs.br/ojs/index.php/faced/article/view/397

Güllich, R. I. da C. (2012). O Livro Didático, o Professor e o Ensino de Ciências: um processo de investigação-formação-ação [Tese de doutorado, Universidade Regional do Noroeste do Estado do Rio Grande do Sul]. https://bibliodigital.unijui.edu.br:8443/xmlui/handle/123456789/2043

Larrosa, J. (2011). Experiência e alteridade em educação. Reflexão e Ação, 19(2), 04-27. https://online.unisc.br/seer/index.php/reflex/article/view/2444/1898

Machado, A. C. T. A., & Boruchovitch, E. (2015). As práticas autorreflexivas em cursos de formação inicial e continuada para professores. Psicologia: Ensino & Formação, 6(2), 54–67. http://pepsic.bvsalud.org/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S2177-20612015000200005#:~:text=As%20pr%C3%A1ticas%20autorreflexivas%20em%20cursos%20de%20forma%C3%A7%C3%A3o%20inicial%20e%20continuada%20para%20professores,-The%20self%20reflection&text=As%20pr%C3%A1ticas%20autorreflexivas%20t%C3%AAm%20sido,a%20realiza%C3%A7%C3%A3o%20de%20suas%20atividades.

Meyer, P. (2018). Princípios Para Concepção de um Portal Para o Desenvolvimento Profissional da Docência na Educação Superior [Tese de doutorado, Pontifícia Universidade Católica do Paraná. Curitiba]. http://www.biblioteca.pucpr.br/pergamum/biblioteca/img.php?arquivo=/00006b/00006b58.pdf

Oliveira, I., & Serrazina, L. (2002). A reflexão e o professor como investigador. Reflectir e investigar sobre a prática profissional, v. 29, 29-42. https://www.researchgate.net/publication/260942853_A_reflexao_e_o_professor_como_investigador

Pilonetto, R. de F. R. (2007). Mobilizando Processos de Formação: a experiência docente com os estágios supervisionados [Dissertação de mestrado, Universidade Estadual de Campinas. Campinas] https://1library.org/document/zkxx6wmy-mobilizando-processos-formacao-experiencia-docente-com-estagios-supervisionados.html

Schön, D. A. (2007). Educando o Profissional Reflexivo: um novo design para o ensino e a aprendizagem. Artmed Editora.

Souza, C. F. dos S. (2016). Relação Afetiva Entre Professora e Estudantes do Ensino Superior: sentidos, desafios e possibilidades [Dissertação de mestrado, Universidade Estadual de Feira de Santana]. http://tede2.uefs.br:8080/handle/tede/383

Souza, V. de. (1998). A Formação em Serviço do Professor de Inglês da Rede Estadual - construindo atitudes reflexivas. [Dissertação de Mestrado, Universidade Estadual de Campinas]. https://1library.org/document/zw0r5rgy-formacao-servicos-professor-ingles-estadual-construtindo-atitudes-reflexivas.html

Vosgerau, D. S. R., & Romanowski, J. P. (2014). Estudos de revisão: implicações conceituais e metodológicas. Revista Diálogo Educacional, 14(474), 165-189. https://doi.org/10.7213/dialogo.educ.14.041.DS08

Zalbalza, M. A. (2004). Diários de Aula um instrumento de pesquisa e desenvolvimento profissional. Artmed Editora.

Zamperetti, M. P. (2012). Formação Docente e Autorreflexão: prática pedagógicas coletivas de si na escola [Tese de doutorado, Universidade Federal de Pelotas]. http://repositorio.ufpel.edu.br:8080/handle/123456789/1659

Publicado
2022-09-16
Como Citar
Elias, A. P. de A. J., Vosgerau, D. S. R., & Ayres, C. M. P. (2022). Processos de autorreflexão sobre a prática docente no contexto do ensino superior. Educação, 45(1), e35266. https://doi.org/10.15448/1981-2582.2022.1.35266