A busca por direitos humanos

Palavras e ações de uma igreja inclusiva na luta por reconhecimento social

Palavras-chave: Teoria Crítica, Direitos Humanos, Sexualidade, LGBT, Religião

Resumo

Devido à crescente influência religiosa no discurso político contra minorias sexuais e de identidade de gênero, este artigo busca apresentar alternativas religiosas de valorização dessas identidades, seus processos de formação e meios de ação no meio público. Para isso, é realizada a análise de dados obtidos em observação participante na Igreja da Comunidade Metropolitana a partir da perspectiva de Habermas e Honneth, contribuindo para o debate sobre a atualidade da Teoria Crítica como ferramenta de análise. Fica constatado que as ações da denominação no espaço público na luta por direitos LGBT está baseada num processo de luta por reconhecimento social, gerando uma disputa não somente discursiva, mas também em ações políticas no espaço público, visando a transformação da sociedade. Ao fazer isso, a denominação se torna um braço religioso no movimento LGBT mais amplo, dialogando tanto com outras denominações, quanto com a sociedade de modo mais amplo.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Biografia do Autor

Evanway Sellberg Soares, Universidade Estadual Paulista Júlio de Mesquita Filho (Unesp), Marília, SP, Brasil.

Mestre em Ciências Sociais pela Universidade Estadual Paulista Júlio de Mesquita Filho (Unesp), em Marília, SP, Brasil. Doutorando na mesma instituição.

Referências

Alves, Beatriz S. F., José G. A. B. Poker e Vanessa C. Ferreira. 2015. Reconstrução racional de direitos humanos: uma proposta de conhecimento crítico das relações internacionais baseado em Habermas. Revista Interdisciplinar de Direitos Humanos (4): 145-170.

Habermas, Jurgen. 1984. The theory of communicative action. Reason and the rationalizalion of society. vol 1. Boston: Beacon Press.

Habermas, Jurgen. 1989. Consciência moral e agir comunicativo. Rio de Janeiro: Tempo Brasileiro.

Habermas, Jurgen. 1997a. Direito e democracia: entre facticidade e validade. vol. 1. Rio de Janeiro: Tempo Brasileiro.

Habermas, Jurgen. 1997b. Direito e democracia: entre facticidade e validade. vol. 2. Rio de Janeiro: Tempo Brasileiro.

Habermas, Jurgen. 2002. A inclusão do outro: estudos de teoria política. São Paulo: Loyola.

Honneth, Axel. 2003. Luta por reconhecimento: a gramática moral dos conflitos sociais. São Paulo: Ed. 34.

Honneth, Axel. 1949. The Critique of Power: reflective stages in a critical social theory. Bakersfield: Massachusetts: MIT Pressed.

Honneth, Axel. 2015. O direito da liberdade. Martins Fontes: São Paulo.

Jesus, Jaqueline G. de. 2012. Orientações sobre identidade de gênero: conceitos e termos. Goiânia: Ser-Tão.

Maranhão Filho, Eduardo M. de A. 2011. “Jesus me ama no dark room e quando faço programa”: narrativas de um reverendo e três irmãos evangélicos acerca da flexibilização do discurso religioso sobre sexualidade na ICM (Igreja da Comunidade Metropolitana). Polis e Psique 1: 166-194. https://doi.org/10.22456/2238-152X.31537.

Natividade, Marcelo e Leandro Oliveira. 2009. Sexualidades ameaçadoras: religião e homofobia(s) em discursos evangélicos ameaçadores. Sexualidad, Salud y Sociedad - Revista Latinoamericana (2): 121-161.

Natividade, Marcelo. 2010. Uma homossexualidade santificada? Etnografia de uma comunidade inclusiva pentecostal. Religião e Sociedade 30 (2): 90-121. https://doi.org/10.1590/S0100-85872010000200006.

Poker, José G. A. B. 2014. Os conceitos de inclusão e reconhecimento na teoria de Habermas. In Reconhecimento, direito e discursividade em Habermas, organizado por Clelia Aparecida Martins e José Geraldo A. B. Poker, 337-365. São Paulo: FAP-Unifesp.

Rosenfield, Cinara L. e Giovani A. Saavedra. 2013. Reconhecimento, teoria crítica e sociedade: sobre desenvolvimento da obra de Axel Honneth e os desafios da sua aplicação no Brasil. Sociologias 15 (33): 14-54. https://doi.org/10.1590/S1517-45222013000200002.

Schumacher, Aluísio de A. 2000. Comunicação e democracia: fundamentos pragmático-formais e implicações jurídico-políticas da teoria da ação comunicativa. Tese em Ciência Política, Universidade Estadual de Campinas (Unicamp), Campinas, SP, Brasil.

Simakawa, Viviane V. 2015. Por inflexões decoloniais de corpos e identidades de gênero inconformes: uma análise autoetnográfica da cisgeneridade como normatividade. Dissertação em Cultura e Sociedade, Universidade Federal da Bahia (Ufba), Salvador, BA, Brasil.

Publicado
2022-04-22
Como Citar
Soares, E. S. (2022). A busca por direitos humanos: Palavras e ações de uma igreja inclusiva na luta por reconhecimento social. Civitas - Revista De Ciências Sociais, 22, e40899. https://doi.org/10.15448/1984-7289.2022.1.40899
Seção
Dossiê: Atualidade política da Teoria Crítica