Orientação profissional e psicoterapia: alternativas mutuamente excludentes ou complementares?

Érika Arantes Oliveira-Cardoso, Lucy Leal Melo-Silva, Fábio Pagotto Piovesani, Manoel Antônio Santos

Resumo


Estudos têm demonstrado a importância de compreender os efeitos produzidos pelo processo de orientação vocacional/profissional simultâneo à psicoterapia. O presente trabalho teve como objetivo investigar possíveis benefícios dessa estratégia combinada. Trata-se de uma pesquisa documental, complementada por estudo de caso. Na primeira etapa foi construído um banco de dados com a finalidade de caracterizar os clientes encaminhados pelo Serviço de Orientação Profissional ao Serviço de Psicoterapia, no período de janeiro/2003 a dezembro/2006. Em seguida realizou-se revisão de prontuários para detectar as situações elegíveis. O resultado da busca revelou que, dos 24 clientes encaminhados no período, somente um recebeu atendimento combinado. A concomitância de abordagens mostrou ser um recurso valioso para a cliente, permitindo focalizar facetas diversas, porém complementares, de sua problemática.

Palavras-chave


Orientação vocacional; orientação profissional; psicoterapia; estudo de caso.

Texto completo:

PDF




e-ISSN: 1980-8623 | ISSN-L: 0103-5371


Exceto onde especificado diferentemente, aplicam-se à matéria publicada neste periódico os termos de uma licença Creative Commons Atribuição 4.0 Internacional, que permite o uso irrestrito, a distribuição e a reprodução em qualquer meio desde que a publicação original seja corretamente citada.