Quando o não é sinônimo de amor

Tatiana Helena José Facchin, Prisla Ücker Calvetti

Resumo


A falta da imposição dos limites pelos pais pode desencadear em problemas no ajustamento psicológico dos filhos e também no desenvolvimento de condutas agressivas. Este trabalho apresenta uma revisão bibliográfica, cujos objetivos foram: contextualizar a família; apresentar e discutir as práticas educativas parentais positivas e negativas, identificando-as quando o dizer “não” significa amor; e a dificuldade dos cuidadores em dizer “não”. Faz-se necessário o desenvolvimento de novos estudos sobre este assunto, a fim de prevenir as possíveis consequências da falta de limites.

Palavras-chave


família; limites; sentimentos; infância; relação pais-filhos.

Texto completo:

PDF




e-ISSN: 1980-8623 | ISSN-L: 0103-5371


Exceto onde especificado diferentemente, aplicam-se à matéria publicada neste periódico os termos de uma licença Creative Commons Atribuição 4.0 Internacional, que permite o uso irrestrito, a distribuição e a reprodução em qualquer meio desde que a publicação original seja corretamente citada.