Uma perspectiva cognitiva no estudo da compreensão de textos

Valeria Abusamra, Romina Verónica Cartoceti, Alejandro Guillermo Raiter, Aldo Rodolfo Ferreres

Resumo


A memória de trabalho e, particularmente, o mecanismo de inibição, tem um papel crucial na compreensão leitora. Nesta pesquisa, visou-se a estudar a relação entre a habilidade de compreensão da leitura e a memória de trabalho, working memory (WM). Testa-se a hipótese de que a dificuldade de inibir informações pode influenciar a compreensão textual. No primeiro experimento, 153 crianças com 9 e 12 anos de idade foram avaliadas com um teste de compreensão escrita e com uma tarefa de WM. No segundo experimento, 24 crianças foram examinadas com o Hayling Test, que investiga a habilidade de inibir respostas verbais. Os resultados evidenciaram uma correlação entre WM e habilidade de compreensão textual. Crianças com dificuldades na compreensão de textos apresentaram um desempenho significativamente inferior nos testes de memória e de inibição, sugerindo que a relação entre o entendimento da leitura e a WM poderia depender de habilidades de inibir informações irrelevantes.

Palavras-chave: compreensão; texto; memória de trabalho; inibição verbal.

Palavras-chave


comprensión, texto, memoria de trabajo, inhibición verbal

Texto completo:

PDF


e-ISSN: 1980-8623 | ISSN-L: 0103-5371


Exceto onde especificado diferentemente, aplicam-se à matéria publicada neste periódico os termos de uma licença Creative Commons Atribuição 4.0 Internacional, que permite o uso irrestrito, a distribuição e a reprodução em qualquer meio desde que a publicação original seja corretamente citada.