Funções Executivas em Crianças e Adolescentes com Transtorno do Espectro do Autismo: Uma Revisão

Fernanda Rasch Czermainski, Cleonice Alves Bosa, Jerusa Fumagalli de Salles

Resumo


Esse artigo consiste em uma revisão sistemática de estudos publicados entre 2001 e 2011, envolvendo avaliação neuropsicológica das funções executivas em crianças e adolescentes com Transtorno do Espectro do Autismo (TEA). Com base nos critérios de inclusão dessa pesquisa, nove estudos foram encontrados, a partir dos termos neuropsychology e executive functions, combinados ao termo autism, nos indexadores LILACS, PubMed e PsycINFO. A análise dos estudos apontou uma tendência de disfunções executivas nos TEA, envolvendo os componentes da inibição, do planejamento, da flexibilidade mental, da fluência verbal e da memória de trabalho. Concluiu-se que componentes executivos preservados e disfuncionais têm sido identificados no TEA, corroborando estudos prévios que apontam progressão desenvolvimental típica e atípica das funções executivas nessa condição.

Palavras-chave


Autismo; Transtorno do espectro do autismo; Funções executivas; Avaliação neuropsicológica; Cognição.

Texto completo:

PDF




e-ISSN: 1980-8623 | ISSN-L: 0103-5371


Exceto onde especificado diferentemente, aplicam-se à matéria publicada neste periódico os termos de uma licença Creative Commons Atribuição 4.0 Internacional, que permite o uso irrestrito, a distribuição e a reprodução em qualquer meio desde que a publicação original seja corretamente citada.