Narrativas Pessoais, Construções de Masculinidades – Aportações para a Atenção Psicosocial a Homens Autores de Violência

Adriano Beiras, Leonor M. Cantera

Resumo


Este texto se deriva de um estudo sobre a relação entre subjetividade, masculinidades e violência. Faz uma reflexão sobre o processo de construção e deconstrução da subjetividade de homens autores de violência mulheres. Os dados foram obtidos através de observação participante de um processo grupal terapêutico e entrevistas com os participantes deste grupo. A organização dos dados foi realizada tomando por base a teoria fundamentada e a análise a partir dos estudos de narrativas. Este artigo está centrado na análise narrativa de um dos participantes desta pesquisa maior, de forma a se obter uma análise aprofundada de sua narrativa e pensar questões direcionadas à atenção psicosocial individual ou grupal a estes homens. Os resultados mostram as interconexões da construção social da subjetividade masculina com atos de violência, referenciam particularidades e estratégias importantes para a melhor eficácia de intervenções neste setor.

Palavras-chave


Masculinidades; narrativas; violência; subjetividades.

Texto completo:

PDF (em espanhol)


e-ISSN: 1980-8623 | ISSN-L: 0103-5371


Exceto onde especificado diferentemente, aplicam-se à matéria publicada neste periódico os termos de uma licença Creative Commons Atribuição 4.0 Internacional, que permite o uso irrestrito, a distribuição e a reprodução em qualquer meio desde que a publicação original seja corretamente citada.