Recepção de TV: ativa e personalizada, um campo minado

Neura Cézar

Resumo


Este artigo propõe uma reflexão sobre o papel da recepção ao entrar em contato com a televisão, reconhecendo-a como um espaço de interação ou, ainda, como a representação de um campo móvel, fluido, movediço, marcado por contradições, que interage a partir de referências culturais e emocionais e promove a construção de sentido. Para tanto, este estudo está organizado da seguinte forma: Primeiro aborda-se a definição de recepção e na seqüência, discute-se os processos de implicação emotiva, priorizando as implicações do mesmo, dado que estes mecanismos são com muita frequência utilizados pela televisão e demais meios de comunicação. Interessa-nos também a apresentação de uma reflexão sobre o fenômeno zapping como técnica modificadora de condutas e acerca das respostas emotivas, como característica inerente à natureza humana.


Palavras-chave


Estudo de recepção; comunicação; televisão

Texto completo:

PDF

Referências


BACCEGA, M. A. Da comunicação à comunicação/educação. Comunicação & Educação, São Paulo: CCA-ECA-USP, Segmento, ano VII, n. 21, p. 7-16, ago. 2001.

BERNE, E. Os Jogos da Vida. Rio de Janeiro: Artenova, 1995.

BOURDIEU, P. Sobre a televisão. Rio de Janeiro: Zahar, 1997.

BUCCI, E.; KEHL, M. R. Introdução: O mito não para. In: BUCCI, E.; KEHL, M. R. Videologias: ensaios sobre televisão. São Paulo: Boitempo, 2004.

COSTA, F. S.; RODRIGUES, J. P. Desafios na construção de um eixo teórico-metodológico nos estudos de recepção. Revista Temática, Piauí, v. 10, n. 2, p. 1-17, fev. 2014. Disponível em: http://periodicos.ufpb.br/index.php/tematica/article/view/20523/11351 Acesso em: 05 mai. 2016.

ECO, U. Apocalípticos e integrados. 6. ed., São Paulo: Perspectiva, 2001.

EMERIM, C. A essência da televisão aberta contemporânea. Sessões do Imaginário: Porto Alegre, v. 19, n. 31, p. 12-19, 2014. Disponível em: http://revistaseletronicas.pucrs.br/fzva/ojs/index.php/famecos/article/view/19212/12234 Acesso em: 22 nov. 2014.

ESCOSTEGUY, A. C.; JACKS, N. Recepção: uma discussão conceitual. In: XIII Compós, 2004, Porto Alegre. A comunicação revisitada. Porto Alegre: Sulina, p. 67-84, 2005.

FERRÉS, J. Televisão subliminar: socializando através de comunicações despercebidas. Porto Alegre: Artmed, 1998.

______. Educar en una cultura del espectáculo. Barcelona: Paidós Ibérica, 2000.

FISCHER, R. O mito na sala de jantar. 2. ed., Porto Alegre: Movimento, 1993.

FREUD, S. A interpretação dos sonhos. Obras Standard brasileiras. Rio de Janeiro: Imago, 1987.

GOMES, I. M. M. A atividade do receptor, um modo de se conceber as relações entre Comunicação e Poder. 2014. Disponível em: http://www.intercom.org.br/papers/viii-sipec/gt03/37 Itania%20Gomes%20-%20trabalho%20completo.htm Acesso em: 20 jul. 2016.

GUARESCHI, P. Psicologia Social Crítica: como prática de libertação. 5. ed. Porto Alegre: EDIPUCRS, 2012.

GUBERN, R. Del bisonte a la realidad virtual. La escena y el laberinto. Barcelona: Anagrama, 1996.

HAGEN, S. A emoção como estratégia de fidelização ao Telejornal: um estudo de recepção sobre os laços entre apresentadores e telespectadores do Jornal Nacional. 2009. 190 f. Tese (Doutorado em Comunicação e Informação) – Faculdade de Biblioteconomia e Comunicação, UFRGS, Porto Alegre, 2009.

HUERTAS, A. La audiencia investigada. Gedisa: Barcelona, 2002.

KLEIN, M. Temas de psicanálise aplicada. Rio de Janeiro: Zahar, 1969.

LIPOVETSKY, G. O império do efêmero: a moda e seu destino nas sociedades modernas. São Paulo: Companhia das Letras, 2009.

MARINA, J. A. El misterio da voluntad perdida. Barcelona: Anagrama, 1997.

MARTÍN-BARBERO, J. Dos meios às mediações: comunicação, cultura e hegemonia. Rio de Janeiro: UFRJ, 2009.

______. América Latina e os anos recentes: o estudo da recepção em comunicação social. In: SOUZA, M. W. (org.). O lado oculto do receptor. São Paulo: Brasiliense, p. 39-68, 1995.

MATURANA, H. Emoções e linguagem na Educação e na Política. Belo Horizonte: UFMG, 2005.

MORIN, E. El cine o el hombre imaginario. Barcelona: Paidós, 2001.

OROZCO GÓMEZ, G. Recepción televisiva: tres aproximaciones y una razón para su estudio. México: Universidad Iberoamericana, 1991.

PERNIOLA, M. Do sentir. São Paulo: Presença, 1993.

POSTMAN, N. La desaparición de la infantesa. Barcelona: Círculo de Lectores, 1990.

SARLO, B. Cenas da vida pós-moderna. Rio de Janeiro: UFRJ, 2013.

TAPSCOTT, D. A hora da geração digital: como os jovens que cresceram usando a internet estão mudando tudo, das empresas aos governos. Rio de Janeiro: Agir Negócios, 2010.

THOMPSON, J. P. A Mídia e a Modernidade: uma teoria social da mídia. 13. ed., Petrópolis: Vozes, 2012.

TURKLE, S. A vida no ecrã: a identidade na era da internet. Lisboa: Relógio D’Água, 1997.

VANDER ZANDEN, J. W. Manual de Psicologia Social. 3. ed., Barcelona: Paidós, 1990.

ZANELLA, A. V. Sujeito e Alteridade: reflexões a partir da psicologia histórico-cultural. Psicologia & Sociedade, v. 17, n. 2, p. 99-104, ago. 2005.

ZIMERMAN, D. Vocabulário contemporâneo da psicanálise. Porto Alegre: Artmed, 2001.




DOI: http://dx.doi.org/10.15448/1980-3729.2017.2.24804

Métricas do Artigo

Carregando métricas...

Métricas por PLOS ALM. Dados disponíveis somente após 12/2014.



 


 This journal is a member of, and subscribes to the principles of, the Committee on Publication Ethics (COPE) http://www.publicationethics.org

 


Exceto onde especificado diferentemente, a matéria publicada neste periódico é licenciada sob forma de uma licença Creative Commons Atribuição 4.0 Internacional.

 

Políticas Editoriais das Revistas Científicas Brasileiras. Disponibilidade para depósito: Azul.


ISSN-L: 1415-0549 | e-ISSN: 1980-3729 | Copyright: © 2017 EDIPUCRS

Avaliação do Qualis CAPES | ÁREA CAPES - Comunicação e Informação | CLASSIFICAÇÃO - A2

REVISTA FAMECOS: publicação do Programa de Pós-Graduação da Pontifícia Universidade Católica do Rio Grande do Sul - PPGCOM/PUCRS
Av. Ipiranga, 6681, Prédio 7 | Bairro Partenon - CEP: 90619-900 | Porto Alegre, RS, Brasil
tel/fax: 55 51 3320.3658
e-mail: revistadafamecos@pucrs.br

Copyright: © 2006-2017 EDIPUCRS