Inclusão social: uma proposta de integração articulada de políticas sociais públicas

Carlos Nelson dos Reis

Resumo


Apesar de a literatura nacional e internacional passarem a demonstrar um maior interesse pelo estudo e pelo aprofundamento do fenômeno da exclusão social a partir dos anos 80 do século XX, ele não deve ser considerado como contemporâneo, pois sua existência remonta a diferentes tempos da história. Em realidade, a exclusão social abrange diversas expressões e define-se a partir da situação e do momento político, econômico e social de cada local ou região onde ocorra. Em paralelo a sua existência, têm-se os movimentos da atividade produtiva, que, para evoluir, necessitam de um conjunto de ajustes e de mudanças científicas e tecnológicas, as quais muitas vezes, são responsáveis pelo aumento do contingente dos excluídos socialmente. O presente texto tem por objetivo, primeiro, pontuar aspectos teóricos para a compreensão do significado de exclusão social; e segundo, desenvolver, ainda que preliminarmente, uma proposta de integração de políticas sociais que atenda à realidade da exclusão no Brasil.
Palavras-chave – Inclusão social. Sujeito social. Políticas sociais.

Texto completo:

PDF



Licença Creative Commons
Exceto onde especificado diferentemente, a matéria publicada neste periódico é licenciada sob forma de uma licença Creative Commons Atribuição 4.0 Internacional.

 

Textos & Contextos (Porto Alegre)
eISSN: 1677-9509
DOI: 10.15448/1677-9509
Avaliação do Qualis CAPES - 2016
Área Capes - Serviço Social
Classificação: A2
E-mail: textos@pucrs.br
 
 
Políticas Editoriais das Revistas Científicas Brasileiras. Disponibilidade para depósito: Azul
 
 
Copyright: © 2006-2020 EDIPUCRS