O que bilíngues bimodais tem a nos dizer sobre desenvolvimento bilíngue?

Ronice Müller de Quadros, Diane Lillo-Martin, Deborah Chen Pichler

Resumo


O objetivo deste trabalho é apresentar o que as pesquisas que estamos desenvolvendo com crianças ouvintes, filhas de pais surdos, adquirindo Língua Brasileira de Sinais (Libras) e Português e Língua de Sinais Americana (ASL) e Inglês (LILLO-MARTIN ET. AL. 2010) têm a nos dizer sobre desenvolvimento bilíngue. Os dados deste estudo fazem parte de um banco de dados de interações espontâneas coletadas longitudinalmente, alternando contextos de aquisição da Libras e do Português como língua alvo, no Brasil e dados coletados longitudinalmente, nos mesmos contextos, de crianças adquirindo ASL e Inglês . Além disso, há também dados do estudo experimental com testes aplicados tanto na Libras e no Português, como na ASL e no Inglês que se agregam ao presente estudo. Uma visão geral dos estudos desenvolvidos sobre a aquisição bilíngue bimodal por crianças ouvintes, filhas de pais surdos, será apresentada e, então, serão expostos alguns aspectos linguísticos deste tipo de aquisição, considerando as discussões sobre aquisição bilíngue.

Palavras-chave


Aquisição bilíngue, Aquisição bimodal, Línguas de sinais

Texto completo:

PDF (English) PDF


ATENÇÃO

Sistema em manutenção

Migração do sistema OJS para a versão 3.0. Durante este período os usuários:

  • Poderão acessar todo o conteúdo já publicado
  • Não poderão efetivar encaminhamentos do fluxo editorial (submissão, avaliação, publicação)

Previsão: 06/07/2020


e-ISSN: 1984-7726 | ISSN-L: 0101-3335


Exceto onde especificado diferentemente, aplicam-se à matéria publicada neste periódico os termos de uma licença Creative Commons Atribuição 4.0 Internacional, que permite o uso irrestrito, a distribuição e a reprodução em qualquer meio desde que a publicação original seja corretamente citada.