Novos cenários das políticas públicas na questão ambiental: os entornos eco-sócio-territoriais

Paulo Ricardo da Rocha Araújo

Resumo


Esse artigo trata das relações entre o Estado – redimensionado em sua função social – e os novos espaços e atores da sociedade contemporânea contextualizados a partir das questões ambientais. Entendendo as políticas públicas como forma de expressão das expectativas e necessidades desses agentes, sua concepção, implementação e avaliação ocorreriam de modo complexo em suas fases de planejamento e gestão ambiental. Tal condição seria agravada em se tratando das complexas relações de negociação entre os distintos espaços, a saber, econômico, cultural, político e, ainda, o espaço territorial, propriamente dito, que caracterizam as questões ambientais. Palavras-chave: Políticas públicas; Meio ambiente; Estado; Entornos ecosócio-territoriais.

Texto completo:

PDF


DOI: http://dx.doi.org/10.15448/1984-7289.2005.1.40

Direitos autorais 2016 Civitas - Revista de Ciências Sociais

ISSN-L: 1519-6089  -  e-ISSN: 1984-7289

Civitas - Revista de Ciências Sociais

....................................................................................................................................................................................................

Este periódico é membro do Cope (Committee on Publication Ethics) e adere aos seus princípios. http://www.publicationethics.org


Licença Creative Commons
Exceto onde especificado diferentemente, a matéria publicada neste periódico é licenciada sob forma de uma licença Creative Commons Atribuição 4.0 Internacional.

 

Políticas editoriales de revistas científicas brasileñas. Disponibilidad de depósito: Azul .

Copyright: © 2006-2019 Edipucrs