Religião e futebol no Brasil: análise do “fechamento”

Claude Petrognani

Resumo


O “fechamento” consiste numa prática comum entre os jogadores brasileiros. É realizada no interior do vestiário, mas não só, antes das partidas. Ela exige uma performance corporal própria dos jogadores e a reza coletiva, estrondosa e em uníssono, do Pai Nosso católico. Esta prática reveste-se de intensa densidade simbólica uma vez que ela galvaniza e condensa as principais mentalidades religiosas que compõem o pluralismo religioso brasileiro. O “fechamento” se inscreve, ainda que não diretamente, a práticas religiosas trazidas para dentro do mundo esportivo, sobretudo futebolístico, pelo grupo religioso Atletas de Cristo, sobre o qual este texto também irá discorrer.


Palavras-chave


Religião; Futebol.; “Fechamento”.

Texto completo:

PDF

Referências


AGUIAR, Reinaldo Olécio. Deus é mais: a supremacia da fé evangélica na ótica dos Atletas de Cristo. Revista Brasileira de História das Religiões, v. 3, n. 9, p. 229-252, 2011

www.dhi.uem.br/gtreligiao/pdf8/11.pdf (2 nov. 2016).

ALMEIDA, Ronaldo de. A guerra de possessões. In: André Corten; Jean-Pierre Dozon; Ari Pedro Oro (orgs.). Igreja Universal do Reino de Deus: os novos conquistadores da fé. São Paulo: Paulinas, 2003. p. 321-342.

BARBA, Bruno. Calciologia: per una antropologia del football. Milano-Udine: Mimesis Edizioni, 2016.

BARBA, Bruno. Un antropologo nel pallone, Roma: Meltemi, 2007.

BARBÀRA, Susanna. Il Candomblé. Milano: Xênia Edizioni, 2003.

BASTIDE, Roger. Mémoire collective et Sociologie du bricolage. L’année sociologique, v. 21, p. 65-108, 1970

http://classiques.uqac.ca/contemporains/bastide_roger/memoire_collective_socio_bricolage/memoire_collective_socio_bricolage.pdf (5 dez. 2016).

BAUBÉROT, Jean. Libertà religiosa e laicità in Francia. Lessico di etica pubblica, v. 2, n. 2, p. 59-70, 2011

www.eticapubblica.it/wp-content/uploads/2014/10/22011-5.pdf (6 dez. 2016).

BOURDIEU, Pierre. O poder simbólico. Rio de Janeiro: Bertrand Editora, 1989.

DA MATTA, Roberto. Do pais do carnaval à carnavalização: o escritor e seus dois Brasis. Rio de Janeiro: Cadernos de Literatura Brasileira, 1997.

DAMO, Arlei Sander. Do dom à profissão: a formação de futebolistas no Brasil e na França. São Paulo: Hucitec, 2007.

DARBON, Sebastien. Diffusion des sport et impérialisme anglo-saxon: de l’histoire événementielle à l’anthropologie. Paris: Édition de la Maison des Sciences de l’Homme, 2008.

DIOTALLEVI, Luca. O sentido e o problema do “separatismo moderado”: por uma contribuição sociológica à análise da religião no espaço público. Debates do Ner, v. 1, n. 27, p. 19-48, 2015 10.1234/dner.v1i27.56459.

ELIAS, Norbert. Sport and leisure in the civiling process. Oxford: Basil Blackwell, 1986.

FERRETTI, Sergio. Sincretismo e religião na festa do Divino. Revista Anthropológicas, v. 18, n. 2, p. 105-122, 2007

www.revista.ufpe.br/revistaanthropologicas/index.php/revista/article/view/144/129 (10 set. 2015).

GEERTZ, Clifford. Interpretação das culturas. Rio de Janeiro: GEN, 1989.

GIUMBELLI, Emerson. Crucifixos em recintos estatais e monumento do Cristo Redentor: distintas relações entre símbolos religiosos e espaços públicos. In: Carlos Alberto Steil; Roberto Cipriani; Emerson Giumbelli; Ari Pedro Oro (orgs.). A religião no espaço publico: atores e objetos. São Paulo: Terceiro Nome, 2012. p. 45-60.

GIUMBELLI, Emerson. Religião, estado, modernidade: notas a propósitos de fatos provisórios. Estudos Avançados, v. 52, p. 47-62, 2004 10.1590/S0103-40142004000300005.

GUTTMANN, Allen. From ritual to record: the nature of modern sports. New York: Columbia University Press, 1978.

JUNGBLUT, Airton Luiz. Entre o Evangelho e o futebol: um estudo sobre a identidade religiosa de um grupo de Atletas de Cristo em Porto Alegre. 1994. Dissertação (Mestrado em Antropologia Social), PPGAS-Ufrgs, Porto Alegre, 1994.

LAPLANTINE, François. Penser anthropologiquement la religion. Anthropologie et Sociétés, v. 1, n. 27, p. 11-33, 2003

www.erudit.org/revue/as/2003/v27/n1/007000ar.pdf (25 maio 2017).

LÉVI-STRAUSS, Claude. La pensée sauvage. Paris: Plon, 1962.

MARIANO, Ricardo. Laicidade à brasileira: católicos, pentecostais e laicos em disputa na esfera pública. Civitas, v. 11, n. 2, p. 238-258, 2011 10.15448/1984-7289.2011.2.9647.

MARTELLI, Stefano; PORRO, Nicola. Manuale di Sociologia dello Sport. Milano: Franco Angeli, 2013.

MAUSS, Marcel. Les techniques du corps. In: Marcel Mauss (org.). Sociologie et anthropologie. Paris: Presses Universitaire de France, 1950. p. 386-409.

MCLOED, Hugh. La religion et l’essor du sport en Grande-Bretagne. Revue d’histoire du XIX siècle, v. 28, p. 2-15, 2004 10.4000/rh19.624.

ORO, Ari Pedro. A laicidade no Brasil e no Ocidente: algumas considerações. Civitas, v. 11, n. 2, p. 221-237, 2011 10.15448/1984-7289.2011.2.9646.

ORO, Ari Pedro. Intolerância religiosa iurdiana e reações afro no Rio Grande do Sul. In: Vagner Gonçalves da Silva (org.). Intolerância religiosa: impacto do neopentecostalismo no campo religioso afro-brasileiro. São Paulo: Editora da Universidade de São Paulo, 2015. p. 29-69.

ORO, Ari Pedro. O neopentecostalismo macumbeiro. Revista USP, v. 68, p. 319-332, 2005 10.11606/issn.2316-9036.v0i68p319-332.

ORO, Ari Pedro; PETROGNANI, Claude, A laïcité em questão: um comentário a um texto de Luca Diotallevi. Debates do Ner, v. 1, n. 27, p. 51-61, 2015 10.22456/1982-8136.56460.

ORO, Ari Pedro; DOS ANJOS, José. Carlos. G., Festa de Nossa Senhora dos Navegantes em Porto Alegre: sincretismo entre Maria e Ienmanjà. Porto Algre: Editora da Cidade, 2008.

PARKER Andrew; WATSON, Nick. Sport, spiritualità e religione: “Muscular Christianity” e oltre. Religioni e società – Rivista di scienze sociali della religione, v. 26, n. 71, p. 61-69, 2011.

PETROGNANI, Claude. Estou aqui como um profeta de Deus: Zé Roberto, o futebol e a religiosidade como beliscão do destino. Debates do Ner, v. 15, n. 26, p. 229-252, 2014

https://seer.ufrgs.br/debatesdoner/article/download/52051/32088 (22 dez.2018).

PETROGNANI, Claude. Avanço neopentecostal no futebol brasileiro: análise sócio-antropológica acerca das relações entre religião, futebol e espaço público no Brasil. El futuro nel Pasado, v. 6, p. 175-191, 2015 10.14516/fdp.2015.006.001.007.

PETROGNANI, Claude. Futebol e religião no Brasil: um estudo antropológico do “fechamento”. 2016. Tese (Doutorado em Antropologia Social), PPGAS-Ufrgs, Porto Alegre, 2016

www.lume.ufrgs.br/handle/10183/156406 (22 dez. 2018).

PETROGNANI, Claude. Il rituale è di rigore? Gesti, spazi e superstizioni di una squadra di calcio. 2010. Tesi (Laurea Specialistica Magistrale in Antropologia Culturale ed Etnologia), Unige, Genova (Italia), 2010.

PFISTER, Geltrud. Tra restrizioni ed empowerment. Islam e sport femminile. Religioni e Società-Rivista di scienze sociali della religione. v. 26, n. 71, p. 28-41, 2011.

RIAL, Carmen. “O ovo do diabo” e os jogadores de futebol como pastores neopentecostais, Revista Instituto Humanitas Unisinos, v. 13, n. 424, p. 19-22, 2013

www.ihu.unisinos.br/entrevistas/521272-o-ovo-do-diabo-e-os-jogadores-de-futebol-comopastores-neopentecostais-entrevista-especial-com-carmen-silvia-rial (20 jan. 2017).

RIAL, Carmen. Banal religiosity: Brazilian athletes as new missionaries if the Neo-Pentecostal diaspora. Vibrant, v. 9, n. 2, p. 130-58, 2012 10.1590/S1809-43412012000200005.

RIAL, Carmen. Rodar: a circulação dos jogadores de futebol brasileiro no exterior. Horizontes Antropológicos, v. 14, n. 30, p. 21-65, 2008 10.1590/S0104-71832008000200002.

RIBEIRO, Alex Dias. Atletas de Cristo. São Paulo: Mundo Cristão, 1995.

SANCHIS, Pierre. As religiões dos brasileiros. Horizonte, v. 1, n. 2, p. 28-43, 1997

http://periodicos.pucminas.br/index.php/horizonte/article/view/412 (25 maio 2017).

SILVA, Vagner Gonçalves da. Entre a gira de fé e Jesus de Nazaré: relações socioestruturais entre neopentecostalismo e religiões afro-brasileiras. In: Vagner Gonçalves da Silva (org.) Intolerância religiosa: impacto do neopentecostalismo no campo religioso afro-brasileiro. São Paulo: Editora da Universidade de São Paulo, 2015. p. 171-189.

SILVA, Vagner Gonçalves da. Concepções religiosas afro-brasileiras e neopentecostais: uma análise simbólica. Revista USP, v. 67, p. 150-175, 2005

www.revistas.usp.br/revusp/article/view/13461/15279 (25 maio 2017).




DOI: http://dx.doi.org/10.15448/1984-7289.2019.1.27424

Direitos autorais 2019 Civitas - Revista de Ciências Sociais

ISSN-L: 1519-6089  -  e-ISSN: 1984-7289

Civitas - Revista de Ciências Sociais

....................................................................................................................................................................................................

Este periódico é membro do Cope (Committee on Publication Ethics) e adere aos seus princípios. http://www.publicationethics.org


Licença Creative Commons
Exceto onde especificado diferentemente, a matéria publicada neste periódico é licenciada sob forma de uma licença Creative Commons Atribuição 4.0 Internacional.

 

Políticas editoriales de revistas científicas brasileñas. Disponibilidad de depósito: Azul .

Copyright: © 2006-2019 Edipucrs