Situando o pós-modernismo na perspectiva do desenvolvimento

Stephen Chilton

Resumo


A crítica dos pós-modernos aos sistemas normativos é perspicaz, mas vulnerável a auto-negação reflexiva e decorrente impotência política. Este ensaio busca o simultâneo resgate e reconhecimento do pós modernismo, situando-o como participante de uma estrutura dialética – a “ciência reconstrutiva” de Habermas – que inclui tanto a construção como a desconstrução. A seqüência de estágios da argumentação moral proposta por Kohlberg é utilizada para organizar esses diversos posicionamentos teóricos. Palavras-chave: Pós modernismo; desenvolvimento moral cognitivo; ciência reconstrutiva

Texto completo:

PDF


DOI: http://dx.doi.org/10.15448/1984-7289.2002.2.102

Direitos autorais 2016 Civitas - Revista de Ciências Sociais

ISSN-L: 1519-6089  -  e-ISSN: 1984-7289

Civitas - Revista de Ciências Sociais

....................................................................................................................................................................................................

Este periódico é membro do Cope (Committee on Publication Ethics) e adere aos seus princípios. http://www.publicationethics.org


Licença Creative Commons
Exceto onde especificado diferentemente, a matéria publicada neste periódico é licenciada sob forma de uma licença Creative Commons Atribuição 4.0 Internacional.

 

Políticas editoriales de revistas científicas brasileñas. Disponibilidad de depósito: Azul .

Copyright: © 2006-2020 Edipucrs