English in students’ view: a case study in a public school

Lucas Alves Selhorst, Rita de Cássia Medeiros de Carvalho

Abstract


There are many differences in the discussions about the study of English in public schools. Listening to the students can be a good and democratic way of reaching consensus on methods, efficiency, focus on lessons and what results are expected. Thus, the general objective of this article is to study the role of learning English from the point of view of the students of a public school. Therefore, in this research, we present the opinions of the students collected through questionnaires applied with fifty students from eighth and ninth grades from a public school in Tubarão-SC. It is clear the importance the majority of these students give to the English language as a useful area of study for their lives, realizing that the school needs some adjustments and recognizing the need to study English out of school, in the future or concomitantly.


Keywords


English language; public schools; students’ opinions.

References


Assis-Peterson, Ana Antônia de & Cox, Maria Inês Pagliarini. 2007. Inglês em tempos de globalização: para além de bem e mal. Calidoscópio, 5 (1), p. 5-14.

Beuren, Ilse Maria (Org.). 2008. Como elaborar trabalhos monográficos em contabilidade: teoria e prática. 3ª ed. São Paulo: Atlas.

Costa, Rinaldo Vitor da. 2007. Pode ser em inglês? Não. Em português primeiro: ensino de língua inglesa para crianças em contextos emergentes no país: um estudo de caso. Tese de Doutorado, Instituto de Estudos da Linguagem, Universidade Estadual de Campinas, Campinas.

Demo, Pedro. 2013. Metodologia da investigação em educação. Curitiba: InterSaberes.

Freire, Paulo. 1996. Pedagogia da autonomia: saberes necessários à prática educativa. São Paulo: Paz e Terra.

Gramsci, Antonio. 1999. Cadernos do cárcere. Rio de Janeiro: Civilização Brasileira.

Finardi, Kyria Rebeca & Porcino, Maria Carolina. 2014. Tecnologia e Metodologia no Ensino de Inglês: Impacto da Globalização e da Internacionalização. Ilha do Desterro 66, p. 239-282.

Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (Página na internet). Cidades: Síntese das informações de Tubarão/SC. Disponível em: . Acesso em: 17 maio 2017.

Karnal, Leandro. 2014. Pecar e perdoar: Deus e o homem na história. Rio de Janeiro: Nova Fronteira.

Losso, Cristina. 2008. O papel do aluno: notas sobre a construção de um objeto de pesquisa. Itajaí: VII Seminário de pesquisa em educação da região sul, 15, p. 1-7. Disponível em: . Acesso em: 11 nov. 2016.

Marzari, Gabriela Quantrin; Badke, Mariluza Ribeiro. 2013. Ensino e aprendizagem de língua inglesa em escolas públicas de Santa Maria/RS. Porto Alegre: PUCRS. Disponível em: . Acesso em:

nov. 2016.

Marzari, Gabriela Quatrin; Gehres, Wilma Beatriz Schultz 2015. Ensino de inglês na escola pública e suas dificuldades. Thaumazen, 7(14), p. 12-19. Disponível em: . Acesso em:24 out. 2016.

Mészáros, István. 2005. A educação para além do capital. São Paulo. Boi Tempo Editorial.

Mezzaroba, Orides & Monteiro, Cláudia Servilha. 2003. Manual de metodologia da pesquisa no direito. São Paulo: Saraiva.

Monte Mór, Walkyria Maria & Souza, Lynn Mario T. Menezes de. 2006. Orientações curriculares para o ensino médio: Linguagens, códigos e suas tecnologias. Brasília: Ministério da educação. Disponível em: . Acesso em: 05 dez. 2016.

Monte Mór, Walkyria Maria & Souza, Lynn Mario T. Menezes de. 1998. Parâmetros curriculares nacionais: terceiro e quarto ciclos do ensino fundamental: língua estrangeira. Brasília: MEC/SEF.

Perin, Jussara Olivo Rosa. 2003. Ensino/aprendizagem de inglês em escolas públicas: um estudo etnográfico. Acta Scientiarum: human and social sciences, 25(1), p. 113-118.

Ribas, Fernanda Costa. 2008. Variações motivacionais no ensino e aprendizagem de inglês em contexto de escola pública. Tese de Doutorado, Universidade Estadual Paulista “Júlio de Mesquita Filho”. Disponível em: . Acesso em: 07 dez. 2016.

Ruiz, João Álvaro. 2006. Metodologia Científica: Guia para eficiência nos estudos. 6ª ed. São Paulo: Atlas.

Xavier, Rosely Perez. 2000. A competência comunicativa do professor de inglês e a sua prática docente: três estudos de caso. The ESPecialist, 22(1), p. 1-25.




DOI: http://dx.doi.org/10.15448/2178-3640.2017.1.26190

License URL: https://creativecommons.org/licenses/by/4.0/deed.pt_BR

e-ISSN: 2178-3640

  This journal is a member of, and subscribes to the principles of, the Committee on Publication Ethics (COPE) http://www.publicationethics.org

Licença Creative Commons

Except where otherwise noted, content of this journal is licensed under a Creative Commons Attribution 4.0 International license.

Editorial Policies of Brazilian Scientific Journals.* Deposit availability: Blue .

 

 Copyright: © 2006-2017 EDIPUCRS