[1]
B. de J. Lopes, P. N. da Fonseca, E. D. de Medeiros, A. C. de Almeida, e V. V. Gouveia, “Escala de Perdão Conjugal (mofs): evidências de validade de construto no contexto brasileiro”, Psico, vol. 47, nº 2, p. 121-131, maio 2016.