40 anos da revista Psico: uma revisão bibliométrica

  • Adolfo Pizzinato PUCRS
  • Helena Beatriz Kochenborger Scarparo PUCRS
  • Tárcio Soares PUCRS
  • Ana Cláudia Menini Bezerra PUCRS
  • Jéssica Camargo PUCRS
  • Thiago Loreto Garcia da Silva PUCRS
  • Eduardo Reuwsaat Guimarães PUCRS
  • Ariane Ferreira Gehling PUCRS
  • Diego Dewes PUCRS
  • Bruna Krimberg von Muhlen PUCRS
Palavras-chave: Bibliometria, indicadores de produção científica, metaciência, revistas científicas, psicologia.

Resumo

O presente estudo examina todos os textos publicados na revista Psico desde o seu primeiro número (1971-2010). Foram analisados 1018 textos entre artigos, relatos de experiência, editoriais e outros. O material foi analisado e organizado a partir de cinco categorias: 1) quantidade de textos por exemplar; 2) idioma dos textos; 3) tipo de textos; 4) enfoque metodológico; e 5) região de origem da publicação. A partir dos resultados, pôde-se traçar uma linha do tempo das principais mudanças editoriais da revista Psico, a caracterização dos autores quanto à quantidade e sexo dos mesmos e a frequência de publicação. Por fim, verificou-se quais as palavras-chave mais frequentes ao longo das publicações do periódico.

Downloads

Não há dados estatísticos.
Como Citar
Pizzinato, A., Scarparo, H. B. K., Soares, T., Bezerra, A. C. M., Camargo, J., Silva, T. L. G. da, Guimarães, E. R., Gehling, A. F., Dewes, D., & Muhlen, B. K. von. (2011). 40 anos da revista Psico: uma revisão bibliométrica. Psico, 42(3). Recuperado de https://revistaseletronicas.pucrs.br/ojs/index.php/revistapsico/article/view/9913
Seção
Seção Especial - 40 anos da revista Psico