Espaços da Esperança: Habitação, Utopia e Respeito

  • Edson Luiz André de Sousa UFRGS
  • Isabel Gemelli UFRGS
Palavras-chave: Habitação, políticas públicas, psicanálise, respeito, utopia iconoclasta.

Resumo

Este artigo se propõe a analisar as intervenções públicas nas formas de habitar e seus efeitos na subjetividade, por meio do estudo de diferentes elementos que vão desde a antecipação do projeto até as propostas efetivas, procurando pensar em alternativas que ampliem a autonomia e mantenham presentes a esfera do desejo nos sujeitos envolvidos. Como alternativa, propomos o trabalho através das utopias iconoclastas capazes de mostrar os limites de nosso pensamento e a possibilidade de vir-a-ser, alcançando, assim, um respeito mútuo inclusivo.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Biografia do Autor

Edson Luiz André de Sousa, UFRGS
Psicanalista. Pós-Doutorado pela Universidade de Paris VII e Ecole des Hautes Etudes en Sciences Sociales, Paris. Professor do PPG Psicologia Social e PPG Artes Visuais - UFRGS. Pesquisador do CNPQ. Coordenador junto com Maria Cristina Poli do LAPPAP (Laboratório de Pesquisa em Psicanálise, Arte e Política)- UFRGS
Isabel Gemelli, UFRGS
Psicanalista. Mestre em Psicologia Social e Institucional pela Universidade Federal do Rio Grande do Sul.
Publicado
2012-12-10
Como Citar
de Sousa, E. L. A., & Gemelli, I. (2012). Espaços da Esperança: Habitação, Utopia e Respeito. Psico, 43(4). Recuperado de https://revistaseletronicas.pucrs.br/ojs/index.php/revistapsico/article/view/9618
Seção
Artigos