Atenção, ansiedade e raiva em dependentes químicos

  • Morgana Scheffer UNISINOS
  • Graciela Gema Pasa UNISINOS
  • Rosa Maria Martins de Almeida UNISINOS
Palavras-chave: drogas, avaliação neuropsicológica, cognição, emoção, cocaína

Resumo

Este estudo teve como objetivo analisar e comparar a atenção difusa, atenção difusa complexa, atenção concentrada, atenção concentrada complexa, ansiedade e raiva entre três grupos: 1) controle; 2) dependentes de cocaína/crack e 3) dependentes de álcool e cocaína/crack. É uma pesquisa transversal, comparativa do tipo caso-controle, constituída por uma amostra não aleatória. Participaram 49 indivíduos, do sexo masculino com idades entre 18 e 57 anos, avaliados através da Bateria Geral das Funções Mentais 1 e 2; Inventário de Expressão de Raiva como Estado e Traço e Inventário de Ansiedade Beck. O tempo médio de abstinência das drogas foi de 33,05 (DP = 19,52) dias. Os resultados mostraram que na atenção não houve diferenças significativas na comparação entre os grupos. Entretanto, houve diferença nos níveis de ansiedade e raiva entre os dependentes químicos e controles. Conclui-se que não houve prejuízo cognitivo na atenção desses indivíduos, mas alterações emocionais na ansiedade e raiva.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Biografia do Autor

Morgana Scheffer, UNISINOS
Curso de Psicologia: Habilitação e Formação de Psicólogos – UNISINOS. Bolsista de Iniciação Científica – UNIBIC-UNISINOS do Laboratório de Neurociências.
Graciela Gema Pasa, UNISINOS
Curso de Psicologia: Habilitação e Formação de Psicólogos – UNISINOS. Laboratório de Neurociências.
Rosa Maria Martins de Almeida, UNISINOS
Pós- Doutora em Neuropsicofarmacologia pela Tufts University (USA). Professora Titular do Curso de Psicologia e do Programa de Pós-Graduação em Psicologia (UNISINOS)
Publicado
2009-08-24
Como Citar
Scheffer, M., Pasa, G. G., & Almeida, R. M. M. de. (2009). Atenção, ansiedade e raiva em dependentes químicos. Psico, 40(2). Recuperado de https://revistaseletronicas.pucrs.br/ojs/index.php/revistapsico/article/view/3762
Seção
Artigos