[1]
F. V. Cauduro, “Design e transgressão”, Rev. Famecos (Online), vol. 8, nº 16, p. 101-110, abr. 2008.