[1]
R. P. Trapp, “O Negrinho do Pastoreio e a escravidão no Rio Grande do Sul: Historiografia e Identidade”, Oficina do Hist., vol. 3, nº 2, p. 45-59, ago. 2011.