[1]
M. Leal, “A primeira representação orgânica no parlamento de Portugal (1895-1897)”, Oficina do Hist., vol. 9, nº 2, p. 43-60, dez. 2016.