[1]
R. S. de Oliveira e M. V. O. do Nascimento, “As origens do radicalismo: a construção da identidade da Ação Integralista Brasileira (1932-1937)”, Oficina do Hist., vol. 9, nº 1, p. 190-207, jun. 2016.