[1]
R. T. Couto, “Fatores seculares no estabelecimento da Companhia de Jesus na Capitania do Rio de Janeiro e sua crise institucional”, Oficina do Hist., vol. 8, nº 2, p. 174-193, nov. 2015.