[1]
L. A. Gasparotto, “Alma e destino do povo português. O fado como identidade nacional lusa no limiar do Estado Novo (1927 – 1933)”, Oficina do Hist., vol. 7, nº 2, p. 80-96, dez. 2014.