MÁRIO DE ANDRADE E A INVENÇÃO DO RETRATO DO INTELECTUAL MODERNISTA.

  • Tameny Romão UNICAMP
Palavras-chave: Mário de Andrade, retratos, modernismo brasileiro.

Resumo

Mário de Andrade, além de uma vasta contribuição para a literatura, a música e cultura brasileira, ainda estendeu seu legado às artes plásticas, não só como crítico, mas também como colecionador de uma série de obras, muitas delas dedicadas a sua própria imagem. O interesse do escritor por seus retratos ficou marcado tanto nas análises que ele teceu sobre as representações de si como na sua própria influência na fabricação de alguns deles, fato que atualmente fornece grandes contribuições para o estudo e entendimento da personalidade do literato.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Biografia do Autor

Tameny Romão, UNICAMP
Mestranda em História pela UNICAMP
Publicado
2011-12-22
Como Citar
Romão, T. (2011). MÁRIO DE ANDRADE E A INVENÇÃO DO RETRATO DO INTELECTUAL MODERNISTA. Oficina Do Historiador, 4(2), 96-107. Recuperado de https://revistaseletronicas.pucrs.br/ojs/index.php/oficinadohistoriador/article/view/9365
Seção
Artigos