Uma análise crítica da trajetória de Meira Mattos: Pensamento e ação de um apoiador da Ditadura Civil-Militar de 1964

Palavras-chave: Meira Mattos. Ditadura civil-militar. Geopolítica.

Resumo

O general Carlos de Meira Mattos figurou como um dos principais pensadores da questão geopolítica brasileira, além de ter sido um ativo articulador do “projeto de Brasil” que se consolidou com o golpe civil-militar de 1964. Em vista disso, o objetivo central desta pesquisa foi reproduzir e analisar, criticamente, o conjunto das ideias elaboradas por Meira Mattos. Para tanto, além de perquirirmos o sentido do conjunto de sua obra individual e os traços constitutivos de sua perspectiva teórica como um todo, centramos a investigação em temáticas que melhor traduziram a finalidade da pesquisa. Simultaneamente, buscamos a compreensão do contexto histórico e social da segunda metade do século XX, no qual demarcamos as disputas ideológicas internacional em suas implicações para a conspiração e o golpe militar de 1964. Por fim, voltamos nossa análise à forma como Mattos deu encaminhamento ao projeto político do governo ditatorial de 1964, dando atenção especial à sua obra geopolítica e sua atuação enquanto ideólogo.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Biografia do Autor

Wanderson Oliveira Coelho, Universidade Federal de Uberlândia (UFU), Uberlândia, MG.
Mestrando na Universidade Federal de Uberlândia (UFU).

Referências

ALVES, Maria Helena Moreira. Estado e oposição no Brasil (1964-1984). Bauru – SP: Edusc, 2005.

ALVES, Hermano. Tempos anormais. In: Política Externa Independente. Rio de Janeiro: Civilização Brasileira, nº 2, 1965.

ARANTES, Paulo Eduardo. O novo tempo do mundo: e outros estudo sobre a era da emergência. São Paulo: Boitempo, 2014.

ASSUNÇÃO, Vânia Noeli Ferreira de. O satânico doutor Go: a ideologia bonapartista de Golbery do Couto e Silva. Mestrado em Ciências Sociais. PUC-SP, 1999.

BEIGUELMAN, Paula. O pingo de azeite: a instauração da Ditadura. 2ª Ed São Paulo: Perspectiva, 1994.

BRASIL. Câmara dos Deputados. Entrevista com o General Carlos de Meira Mattos. Brasília: Câmara dos Deputados, 2003.

BRASIL. Câmara dos Deputados. Parlamento e a história recente do país (Ronaldo Costa Couto). Brasília: Câmara dos Deputados. 2006.

CUNHA, Paulo Ribeiro Rodrigues da. A utopia tenentista na construção do pensamento marxista de Nelson Werneck Sodré. Doutorado em História. UNICAMP, Campinas, 2001.

D'ARAUJO, Maria Celina; SOARES, Glaucio Ary Dillon; CASTRO, Celso. Os anos de chumbo: a memória militar sobre a repressão. Rio de Janeiro: Relume-Dumará, 1994.

DREIFUSS, René Armand. 1964, a conquista do Estado: ação política, poder e golpe de classe. 7ª Ed. Petrópolis-RJ: Vozes, 2008.

FURTADO, Celso. A pré-revolução brasileira. Rio de Janeiro: Fundo de Cultura, 1962.

MATTOS, Carlos de Meira. Geopolítica v. 1, 2 e 3. Rio de Janeiro: Editora FGV, 2011.

MATTOS, Carlos de Meira. Uma geopolítica pan-amazônica. Rio de Janeiro: Biblioteca do Exército, 1980.

MATTOS, Carlos de Meira. Geopolítica e Trópicos. Rio de Janeiro: Biblioteca do Exército, 1984.

MATTOS, Carlos de Meira. Doutrina política de potência. In: RENAUT, Abgar et al. Revolução, evolução. AERP, 1970.

MONIZ BANDEIRA, Luiz Alberto. Presença dos Estados Unidos no Brasil. Rio de Janeiro: Civilização Brasileira, 2007.

NETO, Casimiro. Quinta República. In: Idem. A construção da democracia: síntese histórica dos grandes momentos da Câmara dos Deputados. Brasília: Biblioteca da Câmara, 2003.

OLIVEIRA, Eliézer Rizzo de (Org.). As forças armadas no Brasil. Rio de Janeiro: Espaço e Tempo, 1987.

RAGO FILHO, Antonio. A ideologia 1964: os gestores do capital atrófico. Tese de Doutorado em História. PUC. São Paulo, 1998.

SCHILLING, Paulo. O expansionismo brasileiro: a geopolítica do general Golbery e a diplomacia do Itamarati. São Paulo: Global, 1981.

VIEIRA, Friederick Brum. Matrizes teóricas da geopolítica brasileira: as contribuições de Travassos, Golbery e Meira Mattos. Mestrado em geografia. UERJ, 2005.

Publicado
2019-12-18
Como Citar
Coelho, W. O. (2019). Uma análise crítica da trajetória de Meira Mattos: Pensamento e ação de um apoiador da Ditadura Civil-Militar de 1964. Oficina Do Historiador, 12(2), e34184. https://doi.org/10.15448/2178-3748.2019.2.34184
Seção
Artigos