A beleza circassiana no século XIX e a apropriação cultural de Pt Barnum

  • Maria Helena Alves da Silva UNIVAP - Universidade do Vale do Paraíba.
Palavras-chave: Século XIX, Apropriação Cultural, Beleza Circassiana

Resumo

Este trabalho tem como objetivo explorar a apropriação cultural cometida pelo empresário do entretenimento norte-americano Phineas Taylor Barnum (1810 - 1891) das mulheres originárias da Circássia, ao adotar alguns elementos e identididades desse grupo étnico. O trabalho abordará como Barnum utilizou de mulheres norte-americanas com vestimenta e penteados inventados em seus shows, discutindo também questões relativas à moral americana e como foi possível que Barnum e outros empresários fizessem sucesso aproveitando o interesse europeu e norte-americano gerado pela Guerra russo-circassiana e do massacre circassiano cometido em 1864. O trabalho também levantará questões relativas ao interesse norte-americano do comércio de escravos estar utilizando de mulheres brancas, e como isso afetava a imaginação norte-americana e européia, uma vez que de acordo com Blumenbach, a origem do homem branco estava no Caucáso, sendo o povo caucassiano exemplos de ‘homens brancos’. Para a efetivação desse artigo foi realizado uma pesquisa utilizando livros e artigos references à temática, todas escritas em inglês e sem tradução para o português, embora tal tema seja importante para aprendermos mais como a imaginação, o ideal e a apropriação cultural eram percebidas no século XIX.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Biografia do Autor

Maria Helena Alves da Silva, UNIVAP - Universidade do Vale do Paraíba.
Graduada em História, faz parte do programa de mestrado em Planejamento Urbano e Regional da UNIVAP - Universidade do Vale do Paraíba. É gestora de documentos do CEHVAP - Centro de História e Memória da UNIVAP.

Referências

BOGDAN, Robert. Race, Showmen, Disability, and the Freak Show. In: BANCEL, Nicolas; DAVID, Thomas; THOMAS, Dominic (Orgs.). The Invention of Race: Scientific and Popular Representations. New York: Routledge, 2014.

BRAUNBERGER, Christine. Revolting Bodies: The Monster Beauty of Tattooed Women. NWSA Journal. Maryland: Johns Hopkins University Press, Vol. 12, No. 2 (Verão de 2000), págs. 1-23. Acesso em 7 de Dezembro de 2015. Disponível em:

< http://www.jstor.org/stable/4316734 >

FIGAL, Sara. The Caucasian Slave Race: Beautiful Circassian and the Hybrid Origin of European Identity. In: LETTOW, Susanne (Org.). Reproduction, Race, and Gender in Philosophy and the Early Life Sciences. New York: State University of New York, 2014.

FRIED, Gregory. A Freakish Whiteness: The Circassian Lady and the Caucasian Fantasy. Publicado em 15 de Março de 2013. Acesso em 23 de Novembro de 2015. Disponível em:

< http://mirrorofrace.org/circassian/ >

FROST, Linda. The Circassian Beauty and the Circassian Slave: Gender, Imperialism, and American Popular Entertainment. In: THOMSON, Rosemarie Garland (Org.). Freakery: Cultural Spectacles of the Extraordinary Body. New York: New York Press, 1996.

HARRIS, Neil. Humbug: The Art of P. T. Barnum. Chicago: University of Chicago Press, 1981.

HORRible Traffic in Circassian Women—Infanticide in Turkey. New York Daily Times, August 6, 1856. Acesso em 23 de Novembro de 2015. Disponível em:

http://lostmuseum.cuny.edu/archive/horrible-traffic-in-circassian

KING, Charles. Imagining Circassia: David Urquhart and the Making of North Caucasus Nationalism. The Russian Review. Russia: Editors and Board of Trustees of the Russian Review. Vol. 66, No. 2 (Abril de 2007), págs. 238-255. Acesso em 7 de Dezembro de 2015. Disponível em:

< http://www.jstor.org/stable/20620535 >

______. The Ghost of Freedom: A History of the Caucasus. Oxford: Oxford University Press, 2008.

MARTIN, Charles D. The White African American Body: A Cultural and Literary Exploration. New Brunswick: Rutgers University Press, 2002.

MCMASTER, R. D. An Honorable Emulation of the Author of The Newcomes: James and Thackeray. Nineteenth-Century Fiction. California: University of California Press. Vol. 32, No. 4 (Março de 1978), páginas 399-419. Acesso em 07 de Dezembro de 2015. Disponível em:

< http://www.jstor.org/stable/2932936 >

MILLER, Cristanne. Reading in Time: Emily Dickinson in the Nineteenth Century. Massachusetts: University of Massachusetts Press, 2012.

NICKELL, Joe. Secrets of the Sideshows. Kentucky: University Press of Kentucky, 2005.

THE Lost Museum Archive. Circassian Girl and Prize Old Man, Detail. Acesso em 25 de Agosto de 2016. Disponível em: http://lostmuseum.cuny.edu/archive/circassian-girl-and-prize-old-man

TLOSTANOVA, Madina. Gender Epistemologies and Eurasian Borderlands. United States: Palgrave Macmillan, 2010.

VARIous Tribes of the Human Race. The Illustrated Magazine of Art. New York: Thomas J. Watson Library, The Metropolitan Museum of Art. Vol. 3, No. 16 (1854), págs. 222-226. Acesso em 7 de Dezembro de 2015 Disponível em:

< http://www.jstor.org/stable/20538265>

VOLTAIRE, François Marie Arouet de (1694–1778). Letters on the English. The Harvard Classics. 1909–14. Acesso em 23 de Novembro de 2015. Disponível em:

http://www.bartleby.com/34/2/11.html

Aggie Zolutia, uma albina apresentada como circassiana. Acesso em 7 de Dezembro de 2015. Disponível em: http://www.stevenbolin.com/freaks/circassian.html

Cartão de visita mostrando a trupe de PT Barnum. Á esquerda, estão Zuruby Hannum e Zulumma Agra, duas ’garotas circassianas’ juntas de anões, albinos, homens e mulheres 'gigantes' e 'mulheres gordas'. Por volta de 1865. Da coleção de Greg French. Acesso em 7 de Dezembro de 2015. Disponível em: http://mirrorofrace.org/circassian/

Cartão de visita mostrando Zoe Meleke, fotografada por Charles Eisenmann por volta de 1885. Papéis da Família Kingsbury. Propriedade da Universidade de Massachussets (UMass Amherst Libraries). Acesso em 7 de Dezembro de 2015. Disponível em: http://scua.library.umass.edu/ead/mums504.xml

"Circassian Girl and Prize Old Man, Detail". Rascunho do final da década de 1890, por Winslow Homer. Acesso em 25 de Agosto de 2016. Disponível em: http://lostmuseum.cuny.edu/archive/circassian-girl-and-prize-old-man

Duas mulheres e um homem circassianos do século XIX. . Acesso em 7 de Dezembro de 2015. Disponível em: http://i-cias.com/e.o/circassians.htm

Foto de cabine mostrando Zula Zinzasa, de 17 anos. Tirada em Trenton, no Missouri. Sem data. Da coleção de Margie Kocina. Acesso em 7 de Dezembro de 2015. Disponível em: https://www.etsy.com/listing/214602238/cabinet-photo-risque-woman-photo-barnum

Publicado
2018-07-29
Como Citar
Alves da Silva, M. H. (2018). A beleza circassiana no século XIX e a apropriação cultural de Pt Barnum. Oficina Do Historiador, 11(1), 158-173. https://doi.org/10.15448/2178-3748.2018.1.25099
Seção
Artigos