Manoel Bomfim e as especificidades da formação brasileira: a conquista do território como elemento definidor da identidade nacional

  • Luiz Carlos Bento Universidade Federal de Mato Grosso do Sul
Palavras-chave: formação, identidade, nação.

Resumo

Ao longo deste texto, buscamos sistematizar o entendimento de Manoel Bomfim apresentado em seus ensaios América Latina: Males de Origem (1905) e O Brasil na América: caracterização da formação brasileira (1929) a respeito do processo de formação do Brasil e das demais nações neo-ibéricas, buscando realçar sua crítica ao caráter violento e exploratório desse processo que segundo o pensador sergipano era oriundo do sistema colonial e de seu aparato funcional, com especial ênfase para as influências negativas da escravidão. Esse enfoque na ocupação dos espaços e na inclusão dos indivíduos evidencia a importância atribuída por Manoel Bomfim à conquista e ocupação do território como elemento definidor das especificidades nacionais, tema que procuramos explorar por meio de uma reflexão sobre os dois ensaios supracitados.

PALAVRAS CHAVES: Formação, identidade, nação.

 

Downloads

Não há dados estatísticos.

Biografia do Autor

Luiz Carlos Bento, Universidade Federal de Mato Grosso do Sul
Professor Adjunto de Teoria da História e Historiografia Brasileira na Universidade Federal de Mato Grosso do Sul

Referências

AGUIAR, R. C. O rebelde esquecido: tempo vida e obra de Manoel Bomfim. Rio de Janeiro: Topbooks, 1999.

BOMFIM, M. A América Latina: males de origem. 3. ed. Rio de Janeiro: Topbooks, 1993.

______. O Brasil na América: caracterização da formação brasileira. 2. ed. Rio de Janeiro: Topbooks, 1997.

COSTA, J. C. de C. Nação, raça e miscigenação no Brasil moderno: uma análise hermenêutica dos ensaístas da formação da nacionalidade brasileira, 1888-1928. Recife, 2003. 311f. Tese (Doutorado em Sociologia), Programa de Pós-Graduação em Sociologia.

FILHO, A. A. Manoel Bomfim: combate ao racismo, educação popular e democracia radical. São Paulo: Expressão Popular, 2008.

IGLESIAS, F. Os historiadores do Brasil. Capítulos de historiografia brasileira. Rio de Janeiro: Nova Fronteira, 2000.

JANCSÓ, I. Brasil: formação do Estado e da Nação. São Paulo: HUCITEC, 2003.

JUNIOR, V. D. S. A trama das ideias: intelectuais, ensaios e construção de identidades na América Latina (1898-1914). 2013. 274f Tese (Doutorado em História Social) − Programa de Pós-Graduação em História Social, Universidade de São Paulo, São Paulo, 2013.

NEVES, C. R. das. O projeto de identidade latino-americana de Manoel Bomfim na obra América Latina Males de Origem (1905). Goiânia: UFG, 2010.

OLIVA, T. A. de. O pensamento geográfico em Manoel Bomfim. 1998. 169f. Tese (Doutorado em Geografia) − Programa de Pós-Graduação em Geografia, Universidade Estadual Paulista (Unesp), Rio Claro-SP, 1998.

OLIVEIRA, L. L. A questão nacional na Primeira República. São Paulo: Brasiliense; Brasilia: CNPq, 1990.

REIS, J. C. As identidades do Brasil II: de Calmon a Bomfim. 2. ed. Rio de Janeiro: FGV, 2006.

RIBEIRO, D. Manoel Bomfim antropólogo In: BOMFIM, Manoel. América Latina: males de origem. Rio de Janeiro: Topbooks, 1993.

RÜSEN, J. História viva: formas e funções do conhecimento histórico. Brasília: Editora da UNB, 2007.

PRADO, M. L. C. Repensando a história comparada da América Latina. Revista de História, n. 153, 2005.

SILVA, A. A. Autoritarismo ou revolução: identidade nacional brasileira e democracia nas interpretações históricas de Oliveira Viana e Manoel Bomfim. 2009. 209f. Dissertação (Mestrado em História) – Universidade Federal de Minas Gerais (UFMG), Belo Horizonte, 2009.

SUSSEKIND, F.; VENTURA, R. História e dependência: cultura e sociedade em Manoel Bomfim. São Paulo: Moderna, 1984.

VIANA, O. Populações meridionais do Brasil. v. 1, Rio de Janeiro: Paz e Terra, 1973.

Publicado
2018-07-29
Como Citar
Bento, L. C. (2018). Manoel Bomfim e as especificidades da formação brasileira: a conquista do território como elemento definidor da identidade nacional. Oficina Do Historiador, 11(1), 61-78. https://doi.org/10.15448/2178-3748.2018.1.24808
Seção
Artigos