Imprensa, modernidade e carnaval na belle époque tropical: a cidade do Rio de Janeiro e seus cordões carnavalescos pelo olhar do cronista João do Rio

  • Ynayan Lyra Souza Mestrando em História pela UNESP/Assis
Palavras-chave: João do Rio, Carnaval, Rio de Janeiro

Resumo

As crônicas de João do Rio revelam a capacidade do escritor carioca em tecer verdadeiros “quadros urbanos” e captar o dinamismo e os múltiplos sentidos atribuídos a cidade do Rio de Janeiro no contexto efervescente da Belle Époque tropical. Sua narrativa literária/jornalística nos possibilita analisar e compreender aspectos importantes do momento histórico no qual está inserido, incluindo manifestações populares como os festejos carnavalescos da cidade. O presente artigo concentra-se na representação de dois aspectos característicos da vida moderna – as ruas e os cordões carnavalescos – em duas crônicas que compõem a obra A alma encantadora das ruas (1908) de João do Rio. Dessa forma, pretende-se examinar o “olhar” analítico do cronista-flâneuracerca da cidade e de seu carnaval, considerando, também, os aspectos de ordem histórico-cultural e estética com os quais os textos do cronista estão relacionados: a modernização urbanística do Rio de Janeiro na virada do século XX, a crônica como gênero mais afeito a dar conta dessas transformações, a rua como novo espaço de sociabilidade e o papel do escritor e da imprensa em sintonia com os novos tempos.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Referências

ANTELO, Raúl. Introdução. In: RIO, João do. A alma encantadora das ruas. São Paulo: Companhia das Letras, 2008, p. 07-17.

BAKHTIN, Mikhail. A cultura popular na Idade Média e no Renascimento. O contexto de François Rabelais. Trad. de Yara Frateschi Vieira. São Paulo: HUCITEC/UnB, 1987.

COUTINHO, Eduardo Granja. Os cronistas de Momo: Imprensa e carnaval na Primeira República. Rio de Janeiro: Editora UFRJ, 2006.

CUNHA, Maria Clementina Pereira. Ecos da Folia: uma história social do carnaval carioca entre 1880 e 1920. São Paulo: Companhia das letras, 2001.

DEAECTO, Marisa Midori. B. L Garnier e A. L. Garraux: destinos individuais e movimentos de conjunto nas relações editoriais entre França e o Brasil no século XIX. In: VIDAL, Laurent; LUCA, Tania Regina de. Franceses no Brasil. século XIX e XX. São Paulo: UNESP, 2009, p. 421- 438.

FERNANDES, Nelson da Nóbrega. O carnaval e a modernização do Rio de Janeiro. Revista Geo-paisagem, ano 2, n. 4, jun./dez. 2003.

FERREIRA, Felipe. O livro de Ouro do Carnaval Brasileiro. Rio de Janeiro: Ediouro, 2004.

MICELI, Sérgio. Sexo, Poder e Letras na República Velha. São Paulo: Perspectiva, 1977.

NEEDELL, Jeffrey. Belle Époque tropical: Sociedade e cultura de elite no Rio de Janeiro na virada do século. São Paulo: Cia das Letras, 1993.

O´DONNELL, Julia. De olho na Rua: A cidade de João do Rio. Rio de Janeiro: Zahar, 2008.

QUEIROZ, Maria Isaura Pereira de. Carnaval brasileiro. O vivido e o mito. São Paulo:

Brasiliense, 1992.

RIO, João do (Paulo Barreto). A alma encantadora das ruas. São Paulo: Companhia das Letras, 2008.

RIO, João do (Paulo Barreto). Crônicas Efêmeras. São Paulo: Ateliê editorial, 2001.

RODRIGUES, Antônio Edmilson Martins. João do Rio: a cidade e o poeta: o olhar de flâneur na Belle Époque tropical. Rio de Janeiro: FGV, 2000.

RODRIGUES, João Carlos. João do Rio: uma biografia. Rio de Janeiro: Topbooks, 1996.

SEVCENKO, Nicolau. Literatura como missão: tensões sociais e criação cultural na Primeira República. São Paulo: Brasiliense, 1983.

SOIHET, Rachel. A subversão pelo riso: estudos sobre o carnaval carioca, da Belle Époque ao tempo de Vargas. 2. Ed. Uberlândia: EDUFU, 2008.

SOUSA, Patrícia de Castro. João do Rio: o repórter com alma de flâneur conduz a crônica-reportagem na Belle Époque tropical. 2009. 99 f. Dissertação (Mestrado em Letras) – Universidade Federal de Santa Maria, Rio Grande do Sul, 2009.

SÜSSEKIND, Flora. Cinematógrafo de letras: Literatura, técnica e modernização no Brasil. São Paulo: Companhia das Letras, 1987.

VELOSSO, Mônica Pimenta. A cultura das ruas no Rio de Janeiro (1900-1903): mediações, linguagens e espaço. Rio de Janeiro: Fundação Casa de Rui Barbosa, 2004.

Publicado
2018-12-18
Como Citar
Souza, Y. L. (2018). Imprensa, modernidade e carnaval na belle époque tropical: a cidade do Rio de Janeiro e seus cordões carnavalescos pelo olhar do cronista João do Rio. Oficina Do Historiador, 11(2), 6-24. https://doi.org/10.15448/21778-3748.2018.2.24603
Seção
Artigos