A VIDA DE BENNO MENTZ E SUA IMPORTÂNCIA PARA A PRESERVAÇÃO DO PATRIMÔNIO SOBRE A COLONIZAÇÃO ALEMÃ NO RIO GRANDE DO SUL

  • Rosangela Cristina Ribeiro Ramos PUCRS
Palavras-chave: Benno Mentz. Acervo. História Cultural.

Resumo

O presente texto busca analisar aspectos da biografia do empresário teuto-gaúcho Benno Mentz (1896-1954). Interessado inicialmente na genealogia das famílias alemãs e, na história destes colonizadores, percorreu (1923 -1924), vários municípios do Rio Grande do Sul para angariar fundos para a construção dos monumentos, em São Leopoldo e Novo Hamburgo, que homenageiam o 1º centenário da imigração alemã neste Estado. Também foi o principal responsável pela formação do Acervo Benno Mentz ou ABM, que atualmente se encontra sob regime de comodato na Pontifícia Universidade Católica do Rio Grande do Sul (PUCRS). Na condição de rico empresário se dedicou à causa da identidade germânica - dos descendentes de alemães no sul do Brasil – e investiu recursos humanos e financeiros na ânsia de angariar material à sua coleção. Para um melhor entendimento do assunto abordado, também serão apreciados elementos da constituição histórico-patrimonial do ABM, afinal se trata de uma reunião de diversificadas fontes para a historiografia.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Biografia do Autor

Rosangela Cristina Ribeiro Ramos, PUCRS
Estudante do Curso de História
Publicado
2014-10-18
Como Citar
Ramos, R. C. R. (2014). A VIDA DE BENNO MENTZ E SUA IMPORTÂNCIA PARA A PRESERVAÇÃO DO PATRIMÔNIO SOBRE A COLONIZAÇÃO ALEMÃ NO RIO GRANDE DO SUL. Oficina Do Historiador, 671-684. Recuperado de https://revistaseletronicas.pucrs.br/ojs/index.php/oficinadohistoriador/article/view/19065