BIOGRAFIA E SUA ESCRITA: A TRAJETÓRIA POLÍTICA DE FERNANDO DO Ó (1930-1940)

  • Renan Santos Mattos UFSM
Palavras-chave: Biografia. Espiritismo. Escrita

Resumo

A trajetória de Fernando Souza do Ó, importante liderança espírita da cidade de Santa Maria no processo de organização do movimento espírita local, ao assumir a função de “propagador” da doutrina no município no contexto de 1930 a 1940, permite evidenciar os conflitos e concorrências existentes no campo religioso na Cidade de Santa Maria. Nesse sentido, em nosso estudo, partimos da preocupação de como suas ideias representaram uma estratégia de inserção para o movimento espírita na cidade de Santa Maria, e para tanto, recorremos ao conjunto de escritos do autor veiculados na imprensa leiga (Diário do Interior). Nessa lógica, o presente artigo propõe-se a discutir, tendo por referência conceitos de Campo religioso de Pierre Bourdieu e representações de Roger Chartier, questões de trajetória e biografia do personagem, de modo a refletir sobre as dificuldades empíricas acerca da produção de conhecimento histórico a partir do indivíduo. Assim, busca-se evidenciar de que forma as escolhas individuais, os projetos e lutas politicas que permitem a observação de processos, relações no fluxo temporal, trazendo o sujeito na sua historicidade, a sua compreensão de si e do mundo, possibilitando a inferência do movimento espírita em sua dimensão holística ao trazer à tona o conjunto de práticas e ideias presentes no seu interior de modo relacional ao contexto político em que se insere.

Downloads

Não há dados estatísticos.
Publicado
2014-10-17
Como Citar
Mattos, R. S. (2014). BIOGRAFIA E SUA ESCRITA: A TRAJETÓRIA POLÍTICA DE FERNANDO DO Ó (1930-1940). Oficina Do Historiador, 1155-1173. Recuperado de https://revistaseletronicas.pucrs.br/ojs/index.php/oficinadohistoriador/article/view/19009