NEGÓCIOS DE FAMÍLIA: NOTAS SOBRE O CAPITAL ECONÔMICO FAMILIAR DE UM GOVERNADOR REPUBLICANO (RIO GRANDE DO SUL, SÉCULO XIX)

  • Carina Martiny Universidade Federal do Rio Grande do Sul
Palavras-chave: Família. Atividades econômicas. Trajetória.

Resumo

Este artigo trata de alguns aspectos da trajetória do líder republicano Júlio Prates de Castilhos a partir da análise da dinâmica econômica de sua família ao longo da segunda metade do século XIX. Objetiva analisar a relação entre a construção do capital econômico familiar com a formação da carreira político-profissional de Júlio de Castilhos. Partindo da análise qualitativa de inventários e correspondências familiares, investiga os investimentos e atividades econômicas da família Castilhos e evidencia a centralidade dos negócios pecuários e comércio de muares na construção do capital econômico familiar. Demonstra a vinculação e dependência da formação superior de Júlio de Castilhos aos negócios familiares, uma vez que o capital que financiou seus estudos provinha de rendimentos gerados por meio das atividades econômicas de sua família. Demonstra também que, mesmo residindo na capital do estado e desempenhando atividade de advogado, jornalista e político, Júlio de Castilhos manteve vinculação com negócios da família, seja pela manutenção dos bens herdados, seja através de investimentos em atividades pecuárias.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Biografia do Autor

Carina Martiny, Universidade Federal do Rio Grande do Sul
Aluna de Doutorado do Programa de Pós-Graduação em História da Universidade Federal do Rio Grande do Sul. Bolsista CAPES.
Publicado
2014-10-17
Como Citar
Martiny, C. (2014). NEGÓCIOS DE FAMÍLIA: NOTAS SOBRE O CAPITAL ECONÔMICO FAMILIAR DE UM GOVERNADOR REPUBLICANO (RIO GRANDE DO SUL, SÉCULO XIX). Oficina Do Historiador, 1118-1136. Recuperado de https://revistaseletronicas.pucrs.br/ojs/index.php/oficinadohistoriador/article/view/19006