REPRESENTAÇÕES DA GUERRA FRIA NO DISCURSO JORNALÍSTICO NORTE-AMERICANO DE DREW PEARSON (1950-1960).

  • Leonice Portela UNIVERSIDADE DE PASSO FUNDO
Palavras-chave: Imprensa. Guerra Fria. Representações.

Resumo

O presente artigo pretende realizar uma análise nas páginas da revista O Cruzeiro no período de 1950 a 1960, na coluna Carrossel do Mundo escrita pelo jornalista norte-americano Drew Person. Nesta pesquisa evidenciaremos o cruzamento da história com a imprensa e as representações que esta fazia do contexto dos anos de 1950 a 1960. Além de utilizarmos a revistas O Cruzeiro como fonte de pesquisa, está também será nosso objeto de estudo na medida em que se pretende analisar a revista nos seus intrincados bastidores e relações com o poder. A revista é fonte de sua própria história e das mais diversas situações, encontramos dados sobre a sociedade, costumes, informando sobre questões políticas e econômicas inseridas em suas representações através de suas palavras e imagens. Realizaremos um panorama dos artigos de Drew Pearson no período de 1950 a 1960, sendo classificadas em três Eixos Temáticos que se destacam como: a) Articulações Políticas dos Estados Unidos nas relações internas e externas; b) As ameaças do Comunismo; c) Guerra Fria na sua perspectiva de “guerra de nervos”.

Downloads

Não há dados estatísticos.
Publicado
2014-10-17
Como Citar
Portela, L. (2014). REPRESENTAÇÕES DA GUERRA FRIA NO DISCURSO JORNALÍSTICO NORTE-AMERICANO DE DREW PEARSON (1950-1960). Oficina Do Historiador, 73-88. Recuperado de https://revistaseletronicas.pucrs.br/ojs/index.php/oficinadohistoriador/article/view/18952